domingo, 9 de maio de 2010

Jantar no Corte Inglês

Nota alta para este Jantar de Vinhos organizado pelo Corte Inglês.Bons vinhos,bom menu de degustação,bons copos e serviço profissional.Como mais valia registe-se a presença da distribuidora Portfolio (António Beleza) e dos representantes dos vinhos em prova,Paulo Laureano,Mota Capitão e Francisco Albuquerque,a quem foi atribuido já por 3 vezes o prémio do melhor enólogo do mundo para vinhos fortificados.Como ponto menos conseguido,a deficiente difusão do evento,pois apenas participaram 40 pessoas,15 das quais eram do chamado núcleo duro das Coisas do Arco do Vinho.Fico satisfeito em relação à presença de tantos amigos porque,em parte,revela algum trabalho feito por nós ao longo de mais 13 anos de militância.
Passando aos vinhos começámos com o champanhe bruto Pol Roger Reserva.Muito fresco,aroma envolvente a pão acabado de fazer,bolha fina e algum açúcar residual.Nota 16,5.
Seguiram-se 2 Dolium Escolha Branco 06 e 09 (Paulo Laureano),que acompanharam um risotto com salmonete.O 2006 está fantástico e fez-me reconciliar com a casta Antão Vaz que,sòzinha só me te dado desgostos.Côr palha,muito citrino,ligeira oxidação contrabalançada por excelente acidez,boa estrutura e final de boca.Nota 17.Quanto ao 2009 que ainda não está à venda está,de momento,pouco interessante e tenho dúvidas que venha a atingir o patamar do anterior.
Vieram a seguir 2 tintos a acompanhar os 2 pratos de carne,uns secreto pouco entusiasmantes e um belíssimo lombo de borrego.Primeiro,uma novidade do Paulo Laureano,o Selection Tinta Grossa 06.Exuberante,muita fruta,notas de tabaco e chocolate,boa acidez,encorpado e bom final de boca.Nota 18.
Segundo,o Cavalo Maluco (Mota Capitão),também de 2006,já com provas dadas.Côr ainda muito concentrada,frutos vermelhos,boa estrutura de boca,final poderoso.Nota 17,5+.
A fechar,a cereja em cima do bolo : 2 belíssimos vinhos da Madeira (Blandy), apresentados pelo Francisco Albuquerque,que acompanharam uma excelente sobremesa.Primeiro o Malvasia 92,garrafa nº 123 de 1500 que apresentou nuances de frutos secos,especiarias,bolo inglês,grande estrutura e acidez,final longo.Nota 18.De seguida o Bual 48,engarrafado em 2004.Muito complexo no nariz e na boca,futos secos,iodo,vinagrinho,excelente acidez,final interminável.Um vinho que nos deixa em paz com os nossos inimigos!Nota 18,5.
Mais uma boa jornada!

Sem comentários:

Enviar um comentário