quinta-feira, 15 de julho de 2010

Impressões de Paris. 1ª parte - o mau serviço de vinhos

Das 14 refeições feitas em Paris só 2 tiveram nota positiva nos vinhos e respectivo serviço.
Nota prévia : o tempo e orçamento disponiveis não permitiram a frequência dos restaurantes abençoados com estrelinhas Michelin. Fomos a restaurantes, brasseries, cafés e bistrots acessiveis a todo o mundo.
Em 12 destes espaços, a lista de vinhos, os vinhos a copo, os copos em si e o serviço de vinhos eram francamente maus. Copos que já vinham servidos, capacidades dos copos sem critério, desde 10 a 14 cl ou, até, simplesmente a olho, copos manhosos, vinhos tintos à temperatura ambiente, falta de informação mesmo que solicitada (parece anedota, mas uma vez em que o copo já vinha servido, perguntei ao empregado pelo ano de colheita do vinho escolhido, tendo obtido como resposta um não sei!). Enfim uma desgraça.
Como excepções, recomendo a quem for a Paris :

1º Eat Intuition, pequeno restaurante de autor situado no nº53 da R.Charrenton (a 5' da Pl.Bastille), aberto em Fevereiro deste ano.
É um simpático projecto com 2 mulheres à frente do negócio, a Isabella, jornalista venezuelana, nos tachos, e a Marie-Pierre Larochette na sala.
Bons copos,muita informação e bom serviço de vinhos, embora tivesse que chamar à atenção para a temperatura do tinto que não era a mais adequada.
A carta é curta mas pareceu-me com critério, previligiando pequenos produtores. A acompanhar um curioso e agradavel menú de degustação provaram-se, a copo, estes vinhos todos com qualidade :
.V.Branco Chateau du Coing de Saint Fiacre Muscadet de Sévre et Maine sur Lie 2005 (Loire)
.V.Tinto Domaine La Croix Sainte Eulalie Cuvée Baptiste 2006 (Languedoc)
.V.Sobremesa Chateau Landion 2003 (Sauternes)
Foi de facto o melhor e o mais caro dos espaços de restauração frequentados.

2º L'Encrier, restaurante tipicamente parisiense, localizado na R.Traversiere,55 também próximo da Pl.Bastille. É frequentado praticamente só por franceses e come-se bem. Tem bons vinhos embora o serviço não seja nada de especial. Vieram para a mesa copos de prova, mas a nosso pedido foram rapidamente substituidos.
Bebeu-se um interessante branco Cuvée de Fié Gris Touraine Vieille Vigne 2007(Val de Loire).

Sem comentários:

Enviar um comentário