quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Petiscar na Tasca da Esquina

Nota alta para o Vitor Sobral e equipa (a Tasca funciona e bem sem o chefe presente, o que é um bom sinal). Penso que este é o caminho a seguir. Cozinha descomplicada mas, em simultâneo, criativa e com qualidade, boas doses e preços mais do que acessiveis, serviço eficiente e simpático. Uma aposta ganha. Um reparo : lista de vinhos curta e preços de alguns vinhos acima do que seria de esperar.
Nesta última visita desfilaram : sopa fria de tomate e ameixa, alhada de camarão, requeijão com pimentos e poejo, atum salteado com oregãos (excelente), figados de aves de escabeche com pera (excelente) e cogumelos gratinados.
Bons copos e selecção de vinhos a copo a condizer, serviço impecável. Bebeu-se o branco Luis Pato Vinhas Velhas 08, com base nas castas Cerceal, Cercealinho e Bical. Muito frutado, alguma complexidade dada pela madeira, boa acidez, equilibrado, final médio. Nota 16.

Sem comentários:

Enviar um comentário