segunda-feira, 27 de setembro de 2010

O Guia do João Paulo Martins (JPM)

Chegou ao público, na passada 6ª feira, o Guia do JPM "Vinhos de Portugal 2011" , editado por Publicações Dom Quixote (Grupo Leya). É o mais influente e o que mais se vende dos guias que se publicam em Portugal. Obrigatório consultar. O guia do JPM é uma instituição e já vai no 17º ano consecutivo. É obra!
Este último, uma espécie de 2 em 1, uma vez que engloba o guia de verão, é demasiado volumoso o que dificulta o seu manuseamento. Tem 556 páginas, enquanto o 2010 tinha apenas 419 e o 2009 444. Por outro lado, se fosse expurgado das notas de prova de 2009, 2008 e anteriores (excepção feita aos vinhos generosos) poupava cerca de 100 páginas. Este nº foi obtido por estimativa, a partir da análise das provas dos vinhos do Douro. Com efeito e em relação a esta região, há 130 vinhos provados em 2009 e 30 em 2008 e anos anteriores, ou seja 23% dos 693 vinhos do Douro provados.
Há ainda cerca de 20 páginas dedicadas a provas de vinhos velhos, o que sinceramente não creio que possa interessar à maioria dos leitores do JPM.
De qualquer modo, pesado ou não, está sempre condenado ao sucesso.

Sem comentários:

Enviar um comentário