sábado, 29 de janeiro de 2011

O regresso do Grupo dos 3 (11ª sessão)

Após um mês de interregno e passadas as festas, juntámo-nos (o Juca, o João Quintela e eu próprio) para mais uma prova às cegas. O repasto foi no Colunas e os vinhos vieram directamente da garrafeira do Juca. Os brancos ficaram de fora, tendo a prova contemplado 2 tintos e 1 fortificado. Os tintos acompanharam um excelente arroz de lebre, de chorar por mais, e o Porto ligou bem com um arroz doce, do qual não sou grande apaixonado.
Resumo das minhas impressões :
.Duas Quintas Reserva 92 - ainda com saúde, mas na fase descendente da sua vida (para consumir já, enquanto dá ainda algum prazer); notas vegetais e mesmo metálicas, boca a perder o fulgor do passado, final curto, apesar de tudo gastronómico. Nota 15,5.
.Campo Ardosa RRR 03 - côr algo evoluida para a idade, floral intenso, especiado, elegante, profundidade, bom final de boca, gastronómico, aguenta mais 5/6 anos em boa forma. Nota 18 (noutras situações 17,5+/18)
.Messias Old Dry White (mais ou menos 30 anos de casco) - citrinos bem presentes, acidez equilibrada, perfil elegante, corpo médio, final de boca longo. Foi bebido como aperitivo e, também, com a sobremesa (prefiro esta última modalidade). Nota 17 (noutras 17/16,5+/17,5).
Obrigado Juca, por este início de 2011!

Sem comentários:

Enviar um comentário