quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

A colheita de 2001 novamente no palco

Na minha crónica de 12 de Janeiro deste ano, referia que a RV iria publicar o resultado de um painel com tintos de 2001 e que seria interessante comparar aqueles resultados com os meus. O painel da RV saíu com o nº de Fevereiro acabado de chegar às bancas e aos assinantes. Ficou comprovado que 2001 foi um ano de eleição e que as garrafas que restam nas nossas garrafeiras ainda nos vão dar grandes alegrias e momentos altos de convívio e partilha.
Na referida crónica não pus as notas que fui atribuindo ao longo do último ano (influências do Pingas no Copo?), mas vou fazê-lo agora, comparando as minhas classificações com as do painel da RV, que ficam entre ().
.Vale Meão - 18,5+ (18)
.Qtª Bágeiras - 18,5 (18)
.Crasto Vinhas Velhas - 18,5 (16,5)
.Poeira - 18 (17,5)
.Vinha Barrosa - 18 (Vinha Pan 17)
.Vale D.Maria - 17,5 (17,5)
.Pintas - 17,5 (16,5)
Não há grandes diferenças na maior parte, embora a minha bitola seja ligeiramente superior. A excepção foi o Crasto Vinhas Velhas. Teria estado mal guardada?
Por outro lado houve vinhos provados por mim, mas que o painel da RV omitiu. Esquecimento?
Ei-los :
.Crasto T.Nacional - 18,5
.Homenagem a António Carqueijeiro - 18,5
.Qtª Macedos - 18
.Campo Ardosa - 18
.Qtª Dôna - 17,5+
.Luis Pato Vinhas Velhas - 17
.Utopia - 16
.Quanta Terra - 13
.Chryseia - 10 (uma) e 15,5 (outra)
E é pena que não tivessem submetido à prova o Chryseia que tanta polémica levantou na Blogosfera e, até, no Forum da RV. Falta de curiosidade?

3 comentários:

  1. Como é que se podem esquecer de um Lavradores de Feitoria Grande Escolha 2001 ? Salvo erro prémio de excelência da dita revista... de resto continuo a achar que moramos no país das maravilhas.

    ResponderEliminar
  2. Não se esqueceram do vinho, mas trataram-no mal, pontuando-o apenas com 14,5. Azar com esta garrafa? A última vez que o provei atribui-lhe 18 e ainda estava em grande forma e com pernas para andar durante mais alguns anos.

    ResponderEliminar
  3. Meus caros,

    Por acaso nunca gosteu do LF Grande Escolha, muita madeira... Mas 14,5 é, de facto, uma nota muito baixa.

    Nuno

    ResponderEliminar