quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Grupo de Prova dos 3 (12ª sessão)

Os vinhos, todos brancos, eram do João Quintela que escolheu o restaurante principal do Corte Inglês para a realização da prova. O prato principal foi uma excelente e avantajada cabeça de garoupa grelhada. Uma delícia que se recomenda. O serviço de vinhos foi, mais uma vez, de grande qualidade. Quando lhe será atribuido pela Revista de Vinhos o estatuto de restaurante amigo do vinho? Não fica assim tão longe que dificulte uma visita.
Quanto à prova, os 2 alvarinhos em competição mostraram quanto valem. O Dão presente, desta vez desiludiu.
.Soalheiro Alvarinho Reserva 08 - tropical, alguma mineralidade, gordo na boca mas com boa acidez, profundo, final extenso. Muito gastronómico é claramente um branco de outono/inverno. Tem vindo a crescer na garrafa e a aproximar-se do 2007. Nota 18 (noutras situações 17,5/18/18+).
.Anselmo Mendes Alvarinho Curtimenta 09 - muito floral e feminino, bela acidez, elegância, madeira na quantidade certa, bom final de boca. Nota 17,5.
Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador 09 - fumado, tosta em excesso, falta de elegância, boca poderosa, desequilibrado. Nota 15,5 (noutra 17,5+). Problema desta garrafa?
Como estamos mal habituados, sentimos a falta de um bom generoso, Madeira de preferência, para encerrar o encontro.

Sem comentários:

Enviar um comentário