quarta-feira, 2 de março de 2011

Vinhos em família (IX) e não só

Mais um lote de vinhos provados descontraidamente no socego do lar, quase todos a proporcionarem grandes prazeres. Vamos, então, a eles.
.Calda Bordaleza 05, para mim o melhor vinho do Carlos Campolargo. É um Bairrada com base nas castas Merlot (45%), Cabernet (40%) e Petit Verdot (15%). Esta garrafa, uma das 5130 produzidas, estagiou 13 meses em barricas novas de carvalho francês. Foi alvo de uma dupla decantação (isto aprendi com o Dirk). Côr ainda carregada, nariz intenso, notas de tabaco e couro, boca poderosa com os taninos domados, acidez presente, final longo. Pede pratos gastronómicos. Aguenta mais 10 anos. Nota 18,5 (noutras situações 17,5/18,5).
.Três Bagos Grande Escolha 04. O topo de gama dos Lavradores de Feitoria, um projecto modelo que tenho acompanhado desde a sua criação, e um dos grandes vinhos do Douro. Aroma complexo especiado, notas de tabaco e chocolate, boa acidez, taninos presentes, final muito longo. Todo ele harmonia. Nota 18,5 (noutras 19/17,5/18,5)
.Krohn Colheita 66 (engarrafado em 2006). Uma das marcas mais consistentes, a par da Burmester e da Niepoort, neste tipo de vinhos, com a vantagem de ser a mais em conta. Frutos secos, notas de mel, gordo na boca, acidez equilibrada, final longo. Nota 18+ (noutra 17,5+, cuja data de engarrafamento não retive).
.Offley 30 Anos (engarrafado em 2009). Frutos secos, notas de tangerina, acidez q.b., taninos e álcool presentes, final longo. Falta-lhe harmonia. Nota 17+.
Noutra sessão em casa de amigos, sem oportunidade de tomar notas, desfilaram : espumante Terras do Demo 08 (uma boa surpresa; nota 17), Soalheiro Alvarinho Reserva 07 (o meu branco preferido; nota 18,5), Kompassus Private Selection 05 (um grande, harmonioso e apaixonante Baga; nota 18,5+), Redoma Reserva 05 (esperava mais deste branco; nota 17), Moscatel Roxo 20 Anos (sublime; nota 18,5) e FMA Bual 64 (um grande Madeira do Francisco Albuquerque, o injustiçado; nota 18,5+). Tratamento de VIP, pois claro!

Sem comentários:

Enviar um comentário