terça-feira, 9 de agosto de 2011

Rescaldo da ida a Tavira

Com a maior parte do tempo passado em família, não ficaram muitas oportunidades para ir a restaurantes. Mesmo assim, deu para ir ao Primo dos Caracóis (na 125, perto de Olhão, para quem vem de Tavira) e confirmar tudo aquilo que disse em crónicas anteriores (ver "A troika algarvia", em 6/6).
A convite de um amigo, tive a oportunidade de conhecer o "Sem Espinhas", na Manta Rota, que mudou de mãos recentemente. Ementa cuidada e uma boa lista de vinhos, com alguns a copo, mas desgraçadamente sem indicação dos anos de colheita. Um ponto negativo a corrigir. Copos adequados e serviço a condizer. A voltar.
Bebeu-se o Morgado Santa Catherina Reserva 07. Muito gastronómico, está em grande estilo, ainda sem ponta de oxidação. Nota 17,5.
Em casa, foram só brancos, por ordem de preferência, Qtª Alorna Reserva Arinto/Chardonnay 10, CARM Reserva 09, Prova Régia Premium 10, CARM 10 e Avidagos 09. É o que me apetece beber nesta altura do ano a acompanhar, a maioria das vezes, peixe e saladas. Que me perdoem os carnívoros indefectíveis.

Sem comentários:

Enviar um comentário