terça-feira, 2 de agosto de 2011

Vinhos em família (XVII)

Mais uns tantos vinhos provados com a garrafa à vista, descontraidamente em família ou com amigos. Momentos bem passados e nenhum desgosto.
.Qtª Alderiz Alvarinho 10 - muito mineral, belíssima acidez, fresco e elegante, óptimo para beber em dias quentes, vai melhorar com mais uns tempos de garrafa. Nota 17.
.Adega Vila Real Reserva 10 - na linha das edições anteriores( 08 e 09) aqui já comentadas, embora com a madeira mais visível; relação preço/qualidade imbatível, é um branco que se pode beber durante todo o ano. Nota 15,5.
.Krohn Colheita 66 (engarrafado em 2010) - nariz exuberante, notas de figos e frutos secos, acidez no ponto, profundidade, final extenso; todo ele muito equilibrado. Um grande Colheita e uma grande marca. Nota 18,5 (noutras situações e com diferentes datas de engarrafamento : 17,5+/18+).
.Krohn Colheita 68 (engarrafado em 2004) - notas de melão maduro, figos e frutos secos, déficite de acidez que lhe retira complexidade, taninos finos e bom final de boca. Nota 17,5 (noutras situações e com outras datas de engarrafamento : 17,5/17,5+/18,5/17).
.Blandy Terrantez 75 (engarrafado em 2004) - muito fino e subtil, presença de frutos secos, notas de iodo, vinagrinho bem pronunciado mas sem excessos, boca poderosa e final interminável. É o tipo de vinho que levaria para a tal ilha deserta! Nota 19 (noutras situações e com datas de engarrafamento diferentes : 19/19,5).

Sem comentários:

Enviar um comentário