terça-feira, 4 de outubro de 2011

Lisboa Restaurant Week (III)

O 3º e último almoço, que decorreu na Estufa Real no âmbito do LRW, foi um pouco desilusão. Este espaço e o fantástico meio envolvente mereciam mais. Pratos correctos mas sem imaginação, serviço eficiente mas frio, copos ultrapassados (continuam a pôr a água no maior e o vinho branco num ridiculamente pequeno).
Por 19+1 € tem-se direito a entrada, prato, sobremesa, couvert e café.
Comi "salada de queijo de cabra", "filetes de peixe-galo" (seriam?) e "tulipa de fruta exótica".
Acompanhou um copo do Qtª de Camarate 2010 branco (2 €), também ele correcto e sem brilhar, servido no copo já referido. A quantidade servida é a olho e devia andar pelos 10/12 cl, o que é manifestamente insuficiente.
A lista de vinhos é heterogénea na selecção e nos preços, alternando bons preços com outros excessivos. A oferta de vinhos a copo pareceu-me sem critério, pois mistura o Qtª de Camarate com o Barca Velha! São uma dúzia e inclui 1 champanhe, 2 ou 3 brancos e 8 ou 9 tintos.
Como mais valia possui um sistema para conservar e manter a temperatura correcta nas garrafas abertas.
Fica a perder de vista da Casa da Comida e está uns furos abaixo do que já foi no passado. E é pena.

2 comentários:

  1. So falta saber onde decorreu tal experiencia... Ou tera sido realmente "fraquinho" que mais vale esquecer?

    ResponderEliminar
  2. Foi mesmo um lapso já corrigido. Obrigado pela dica.

    ResponderEliminar