quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Vinhos e peixe na Fonte Santa

Os elogios feitos por mim à equipa responsável pelo espaço de restauração da Qtª da Fonte Santa (ver crónica de 29/1/2012), mantêm-se com toda a justiça. O acento tónico incidiu no robalo grelhado e garoupa no forno. Sublimes! Também brilharam as entradas de navalhas e cocktail de camarão e, ainda, as sobremesas de strudel e pudim de queijo da Serra, ambas com gelado de baunilha.
Os vinhos vieram directamente da garrafeira do nosso amigo Alfredo Penetra, a saber :
.Champagne Marquis de Vauzelle - bolha fina e persistente, notas de pão cozido, acidez equilibrada, frescura e bom final de boca, gastronómico. Nota 17,5.
.Cerro das Mouras Grande Escolha 09 - a partir de vinhas velhas, fermentou em barricas novas de carvalho francês, fruta madura, ligeira oxidação, madeira discreta, acidez equilibrada, elegante e gastronómico; aguenta bem mais 5/6 anos. Nota 17,5.
.Condessa de Santar 09 - complexidade aromática, acidez q.b., fumado, madeira ainda presente, alguma gordura, estruturado, final longo; original e cheio de personalidade: melhor daqui a 2/3 anos. Nota 18.
.Taylors 40 Anos (engarrafado em 1989, com o nº 367) - frutos secos, canela, caril, iodo, boca poderosa, final muito longo. Uma delícia. Nota 18,5.
Mais uma grande jornada. Obrigado, Alfredo!

Sem comentários:

Enviar um comentário