quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Vinhos em família (XXIX)

Mais uns tantos vinhos bebidos ultimamente em família. Tudo nas calmas sem o stresse das provas às cegas.
.Olho no Pé Grande Reserva 09 - complexidade aromática, notas de alperce, boa acidez, mais frescura e menos gordura do que as colheitas anteriores, mais equilibrado portanto, gastronómico e bom final; muito fechado no 1º dia, abriu no dia seguinte. Gosto muito deste branco, mas chamar-se Grande Reserva é algo pomposo. Nota 17,5 (noutra situação também 17,5).
.Guru 09 - aroma muito complexo, fumado, tosta bem presente, acidez no ponto, estruturado e bom final; gastronómico e pleno de personalidade. Nota 17,5+.
.Gouvyas Vinhas Velhas 05 (garrafa nº 1530 de 2490) - fermentou em lagar e estagiou parcialmente em barricas de carvalho francês usadas, durante 2 anos; austero, alguma rusticidade, boa acidez, pouca elegância, taninos ainda muito presentes e final prolongado; ainda longe da reforma, mas a rusticidade já não vai desaparecer. Nota 17+ (noutra 18+).
.Batuta 05 - todo ele elegância e equilibrio, acidez q.b., frescura, arquitectura de boca e final muito longo; no ponto para beber, mas aguenta bem mais 4/5 anos com boa saúde. Nota 18+ (noutras 18,5/18,5).
.CH by Chocapalha 08 - um touriga nacional de vinhas velhas, muito bem trabalhado pela Sandra Tavares da Silva; muita fruta, especiado, boa acidez, boca potente e final longo; melhor daqui a 5/6 anos. Já quando do último EVS, este vinho me impressionou, considerando-o na altura a maior surpresa em tintos. Nota 18.

Sem comentários:

Enviar um comentário