quinta-feira, 19 de abril de 2012

Vinhos em família (XXXI)

Mais umas tantas provas de vinhos em família, sem grandes surpresas:
.Papa Figos 10 - é a nova "coqueluche" da Ferreirinha; estagiou 12 meses em carvalho francês, um autêntico luxo para um vinho que me custou no Clube 1500, a módica quantia de 5,60 €; aroma expressivo, fruta vermelha, madeira discreta, taninos macios e bom final de boca; é um vinho descomplicado para beber enquanto jovem. Nota 16,5.
.Doda 05 - uma das 4608 garrafas, resultante da parceria Dirk Niepoort/Álvaro de Castro; impetuoso e elegante, notas florais provenientes da Touriga do Dão, belíssima acidez, especiado, taninos bem presentes mas bem educados, estruturado e final muito longo; em forma mais 5/6 anos. Nota 18,5.
.Qtª do Carmo Reserva 05 - já aqui referido por diversas ocasiões; está no apogeu mas aguenta bem mais 4/5 anos. Nota 18,5 (noutras situações 17,5/18/18).
.Moscatel Roxo Colecção Privada DSF 98 - frutos secos, tangerina, notas de iodo, bom final de boca; pode-se beber com aperitivos ou sobremesas, preferindo eu esta última modalidade. Nota 17+ (noutras 16,5/16,5/16,5/16).
.Qtª do Noval Colheita 64 (engarrafado em 2006) - frutos secos, notas de caril, boca muito fresca, estruturado, final interminável. Nota 18,5+ (com outros engarrafamentos 18,5+/18,5/18,5).

Sem comentários:

Enviar um comentário