segunda-feira, 7 de maio de 2012

Jantar Esporão

Mais um evento, resultante da parceria da Garrafeira Néctar das Avenidas com o Restaurante Assinatura, que decorreu muito bem. Bons vinhos de um modo geral, alguns casamentos perfeitos com os pratos servidos (só não resultou a ligação com o Private Selection branco, mas a culpa não foi do prato) e ambiente enófilo a condizer. Mais uma vez, o antigo núcleo duro das CAV marcou presença (45% dos participantes). Os vinhos eram do mundo Esporão, isto é, Herdade do Esporão e Qtª dos Murças e foram apresentados pelo enólogo responsável David Baverstock. Foi servida, ainda, uma aguardente vínica da Qtª do Rol, que, confesso, não apanhei a ligação ao Esporão. Culpa minha.
Depois das boas vindas com o espumante Esporão 09, desfilaram:
.Verdelho 11 - nariz exuberante, presença de citrinos, boa acidez, elegante e equilibrado, gastronómico. Nota 15,5+. Ligou muito bem com "Queijo de cabra, morangos, espargos e sal", um belíssimo entretem de boca .
.Private Selection Branco 10 - com base na casta sémillon, estagiou 6 meses em carvalho francês; ainda muito marcado pela madeira, com o álcool muito evidente, fumado, notas de brandy, untuoso, alguma acidez, boca poderosa; algo desequilibrado. Nota 16. Não casou bem com "A sopa do chefe, salsa, batata e açafrão". O excesso de madeira não o permitiu.
.Qtª dos Murças Reserva 08 - nariz afirmativo e complexo, frutos vermelhos, um toque floral, madeira discreta, elegância e equilibrio, austero, estruturado, taninos bem comportados, bom final de boca. Nota 18. Acompanhou na perfeição o "Pivete de touro, com uma arrozada brava". Uma grande surpresa, este tinto.
.Private Selection Garrafeira 08 - ainda com alguma fruta, notas especiadas, acidez q.b., estruturado, taninos macios, final algo adocicado. Nota 17,5+. Bebido a solo. Foi pena que não tivesse tido a oportunidade de competir com o Murças.
.Qtª dos Murças 10 Anos - fruta ainda presente, notas de mel, frutos secos, figo em passa, boa acidez, alguma complexidade, bom final de boca. Um 10 Anos muito interessante. Nota 17. Fez um casamento perfeito com "Parfait de gelado de ananás, maracujá e cajus".
.Aguardente Vínica Magistra, com origem na Lourinhã, uma das 3 Regiões Demarcadas no mundo, para este tipo de bebidas, a par de Cognac e Armagnac, e resultante de uma selecção de aguardentes de 89, 90, 95 e 96, que estagiaram até 2008. Óptima para acompanhar o café, em final de refeição.
Mais uma boa jornada, a comprovar que a parceria está bem afinada.

1 comentário:

  1. http://www.esporao.com/PT/PRODUTOS/MAGISTRA/Pages/Magistra.aspx

    ResponderEliminar