terça-feira, 12 de junho de 2012

Vinhos em família (XXXIII)

No último repasto com filhos e noras, bebemos:
.Blandy Verdelho 68 (sem data de engarrafamento visível) - frutos secos, notas de iodo, acidez pronunciada, fino, elegante, austero, estrutura de boca e final longo. Nota 18.
.Soalheiro Alvarinho 1ª Vinhas 10 - em relação à prova aqui relatada em 7/2, continua fresco e aromático, acidez equilibrada, estruturado e bom final de boca; no espaço de 4 meses, ficou mais complexo e com maior complexidade; um branco que facilmente nos conquista. Nota 18 (noutras situações 17,5+/17,5+/17,5).
.CARM Reserva 07 - exuberância aromática, fruta ainda presente, notas especiadas, bela acidez, taninos presentes mas civilizados, final longo; excelente relação preço/qualidade, foi incluido no TOP da Wine Spectator. Nota 17,5+.
.Moscatel Roxo Bacalhôa 00 - a mesma garrafa já aqui comentada em 12/5. Nota 17,5.
Ora, digam-me, se os não tratei bem, isto  é, como merecem.
Mais vinhos partilhados, em família:
.Adega Vila Real Grande Escolha  07 - perdoe-se-lhes a mania das grandezas (o Grande Escolha era escusado), mas este produtor é muito consistente; ainda com alguma fruta, notas achocolatadas, alguma acidez, descomplicado, corpo mediano, bom final de boca; em forma mais 2/3 anos. Nota 16,5.
.Poeira 04 - nariz complexo, notas florais, bela acidez, equilibrado e harmonioso, boa arquitectura e final muito longo; em forma mais 6/7 anos. Um dos grandes vinhos do Douro. Nota 18,5 (noutras 18+/18/18,5/18/18,5/17). Curiosamente a garrafa que obteve a nota mais fraca era uma magnum.

Sem comentários:

Enviar um comentário