terça-feira, 21 de agosto de 2012

Quadro de Honra de Vinhos Tintos

1.Por Região
.Douro - 77 (70 % dos tintos)
.Dão - 3
.Bairrada/Beiras - 10
.Estremadura/Lisboa - 1
.Península de Setúbal - 1
.Alentejo - 8
.Dão /Douro - 1
.Estrangeiros - 9 (Espanha 8 e Austrália 1)
Em resumo:
.uma clara apetência pelos tintos do Douro, os mais provados e apreciados;
.chauvinismo puro e duro da minha parte, que assumo, embora aceite que possa ser criticado pela pouca importância que os estrangeiros ocupam no QH (e 8 são Ribera del Duero, região muito aparentada com o nosso Douro).
2.Ano de Colheita
.2004 - 25 (22 % do total dos tintos do QH)
.2005 - 20 (18 %)
.2007 - 17 (15,5 %)
.2003 - 11
.2001 - 9
.2000 - 8
.década de 90 - 6
.2006 - 6
.2002 - 3
.2008 - 3
.década de 80 - 1
.2009 - 1
De realçar o ano 2004, a colheita do século, seguido do 2005 e 2007. O 2008, considerado de excepção, é demasiado jovem para andar a provar os vinhos produzidos nesse ano. Há que esperar mais algum tempo.
3.Por Produtor/Marca
.Qtª do Crasto - 13 (Vinha da Ponte 4, Maria Teresa 4, T.Nacional 3, Vinhas Velhas 1 e Xisto 1)
.Niepoort - 11,5 (Batuta 6, Charme 4, Robustus 1 e Doda 1/2)
.Casa Ferreirinha - 7 (Barca Velha 3, Reserva Especial 2, Vinhas Velhas 1 e Antónia Adelaide Ferreira 1)
.Qtª Vale Meão - 7
.Aalto - 7 (PS 4 e colheita 3)
.Qtª do Vallado - 6 (Reserva 3, Adelaide 2 e T.Nacional 1)
.Wine & Soul - 6 (Pintas 5 e Qtª da Manoella 1)
.Lavradores de Feitoria - 4 (Três Bagos Grande Escolha)
.Campolargo - 3 (Calda Bordaleza)
.Domingos Alves de Sousa - 3 (Abandonado 2 e Vinha Lordelo 1)
.Poeira - 3
.Qtª Vale D.Maria - 3 (CV)
E, ainda, 21 produtores com 1 ou 2 referências.
.De notar:
.que destes 12, 10 são Douro e 1 Ribera del Duero;
.o único produtor que impediu a hegemonia do Douro, foi Campolargo com vinhos da Bairrada moderna;
.o produtor mais consistente é a Qtª Vale Meão, representado exclusivamente por uma marca.
4. Os mais de sempre
Lista por ordem alfabética dos tintos classificados com 19 pontos. Deram-me um grande prazer quando os provei e ficaram-me na memória. Eles, ainda andam por aí...
.Aalto PS 2001
.Barca Velha 1995, 1999 e 2004
.Pintas 2001
.Qtª Crasto Vinha da Ponte 1998 e 2003
.Qtª Crasto T.Nacional 2001
.Qtª Vale Meão 2004
.Robustus 2004
.Três Bagos Grande Escolha 2004
Mais uma vez o Douro e a Ribera del Duero; a Qtª Crasto e a Ferreirinha em força e um empate técnico entre as colheitas de 2001 e 2004.


Sem comentários:

Enviar um comentário