domingo, 16 de dezembro de 2012

Curtas (II)

1.Nectar diVino
Trata-se de um concurso organizado pela BASF, que já vai na 2ª edição. Na Press Release que me enviaram, dá-se conhecimento das classificações atribuidas a Tintos, Brancos e Verdes (!?). Fiquei deveras intrigado: então a Região Demarcada dos Vinhos Verdes não produz tintos, brancos e até rosés? Que grande confusão reina nas cabeças dos alemães da BASF (influências da senhora Merkel?). Não se entende esta confusão, até porque a BASF teve a colaboração da Directora de Vinhos do Yeatman Hotel!
2.Leka-Leka
É um pequeno espaço de restauração, que vinha recomendado na Revista do Expresso (diga-se, desde já, que não era na coluna do José Quitério). Comi a sopa rica de peixe, que de rica nada tinha. Era, antes, uma sopa de pobres, pois se limitava a um caldo sensaborão, 1 (uma) posta de peixe, 2 camarões e 2 fatias de pão torrado. Lista de vinhos curta e serviço dos mesmos medíocre. A garrafa veio à mesa, mas o vinho não foi dado a provar, pois foi de imediato despejado num copo de água/sumo! Bem seria melhor alterarem o nome para Meia Leca!
3.Casa da Mó
Regressei ao bufete de cozido que continua bom e se pode comer até rebentar. O preço teve um ligeiro aumento de 10 € para 10,50 €, o que não tem significado face á alteração do IVA (para quando o regresso ao passado?). Saído o chefe de sala para outras paragens, chama a atenção o serviço muito profissional do empregado Rui Coelho. O único senão, continua a ser não autorizarem que se leve vinho das nossas garrafeiras, a troco de uma taxa de rolha. Aguardemos que as cabeças dos responsáveis se iluminem.
4.Turismo de Setúbal
Recomendo, a quem for para aquelas paragens, que dê um salto ao Turismo, onde está instalada uma surpreendente loja de vinhos, com uma grande oferta dos néctares daquela região. Boas compras!

Sem comentários:

Enviar um comentário