quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Revista de Vinhos : 15 anos de prémios (VII)

Esta crónica contempla os enólogos e as empresas produtoras de vinhos fortificados. Ano a ano registarei, para o Vinho do Porto, os agentes escolhidos como os melhores, separando com um / os enólogos das empresas (a excepção é o ano 1998, onde aparece o produtor em vez da empresa).Nos restantes fortificados, uma vez que os prémios são quase inexistentes, limito-me a indicar os enólogos e empresas distinguidos.
1.Vinho do Porto
1997 - nenhum / nenhum
1998 - Peter Symington / Qtª do Vesúvio
1999 - Bruce e David Guimaraes / Manoel Poças Júnior
2000 - António Agrellos (Noval) / Niepoort
2001 - Luis Soares Duarte (Infantado e Seara d'Ordens) / Quinta and Vineyard Bottlers (Taylor's e Fonseca)
2002 - Jorge Pintão (Poças) / Symington Family
2003 - nenhum / Quinta do Noval
2004 - Jaime Costa (Burmester) / nenhum
2005 - Peter Symington / Quinta and Vineyard Bottlers
2006 - Peter e Charles Symington / nenhum
2007 - David Guimaraes / nenhum
2008 - Pedro Sá (Sogevinus) / Sogevinus
2009 - Luis Sottomayor / Symington Family
2010 - nenhum / J.H.Andresen
2011 - nenhum / Quinta do Noval
2.Vinho da Madeira
Empresa - Madeira Wine (2004)
Enólogos - Ricardo Barbeito (2010) e Francisco Albuquerque (2011)
3.Moscatel de Setúbal
Empresas - Bacalhôa (2006) e José Maria da Fonseca (2007)
Enólogo - Domingos Soares Franco (2003)
Comentários finais:
.A esmagadora maioria das escolhas, quanto ao Vinho do Porto e ao Moscatel de Setúbal,  é pacifica. Apenas refiro uma omissão: a dos responsáveis pelos vinhos da Wiese & Krohn, esses grandes desconhecidos.
.Quanto ao Vinho da Madeira, o reconhecimento do Francisco Albuquerque só peca por tardio. Finalmente, em 2011, reconheceram o valor a quem já fora distinguido, a nível mundial, por 3 vezes.
Por essa injustiça, dei a cara aqui no blogue, por mais de uma vez. Vejam-se as crónicas "Francisco Albuquerque: mais uma vez injustiçado" (21/2/2011) e "Blandy e Francisco Albuquerque: os incompreendidos" (12/7/2011).

Sem comentários:

Enviar um comentário