segunda-feira, 18 de março de 2013

Almoço na Taberna Moderna

Já há muito que tencionava conhecer este tão badalado espaço da Rua dos Bacalhoeiros. Aconteceu após uma recente visita à Fundação Saramago, na Casa dos Bicos, que, aliás, recomendo.
É um espaço amplo e luminoso, com uma pequena esplanada em cima do passeio. Mesas despojadas e guardanapos de papel, a condizer com o nome mas não com o ambiente. Música demasiado alta. O menú é deveras original, com base numa cozinha de fusão, inspirada em pratos da Galiza e do Alentejo. Aliás o dono e orientador da cozinha, Luis Carballo, é galego. Comi "salada de bacalhau com caviar de ouriços" e "arroz Portobello com farinheira" (um arroz cremoso com cogumelos), muito saborosos e bem confeccionados.
Quanto a vinhos, a carta é curta, as datações estão omissas e os preços, na generalidade, altos. Inventariei 12 tintos, 7 brancos e 2 rosés, dos quais apenas 2 brancos e 2 tintos a copo, o que é manifestamente insuficiente numa casa deste tipo. Para contra-balançar tem uma boa oferta de cervejas e uma excepcional escolha de gins, para quem apreciar.
Bebi, a copo:
.Vinha do Monte 12 (3,50 €) - servido gelado, não sabia a nada; pareceu-me muito simples e algo pesado. Nota 12,5.
.Montefino Edição Especial 08 (3,50 €) - servido a uma temperatura aceitável, mas não a ideal; acidez equilibrada, notas especiadas, alguma estrutura e bom final de boca. Nota 17.
Lamentavelmente, os vinhos vieram já servidos, embora em bons copos e numa boa quantidade. As garrafas só me foram mostradas, depois de ter mostrado o meu desagrado. É uma pena, pois come-se muito bem e as pessoas são deveras simpáticas (o dono veio à mesa mais de uma vez). Faço votos para que sejam corrigidas as falhas no serviço de vinhos!

2 comentários:

  1. a parte do serviço de vinhos por cá, mesmo em lugares como a taberna moderna dos quais já se espera algum cuidado, é ainda um "work in progress". continua muito limitado aos restaurantes de 1ª linha, esse saber... mas acho que as coisas já começaram a mudar.

    ResponderEliminar
  2. Caro Francisco, muito obrigado pela sua apreciação. Estamos tentando melhorar em referência ao serviço dos vinhos (serviço na mesa). Como haverá observado, a Taberna Moderna não pretende ter uma carta extensa de vinhos, pois o conceito é o Gin. As pessoas jantam com Gin&Tonic na sua maioria. Os poucos vinhos que temos, tratamos de equilibrar preços e qualidades para termos uma oferta onde qualquer pode encontrar algo a sua medida.
    Muito obrigado de novo e agradeço muito os seus elogios e críticas. São mesmo necessárias para melhorar.

    ResponderEliminar