quinta-feira, 28 de março de 2013

Curtas (VI)

1.Garrafeiras
.Abriram há pouco tempo 2 novos espaços, a Garrafeira Dom Pedro (na Baixa de Lisboa), a apostar forte nos vinhos fortificados, com algumas raridades de peso, e a Garrafeira/Wine Bar Wine Spot (no Chiado), candidata ao prémio (se existisse) "A loja de vinhos mais bonita do país", com uma excelente selecção e possibilidade de beber uns tantos a copo.
.Por outro lado, a Garrafeira Vital em Tavira, já aqui referida no passado, foi absorvida pela cadeia Soares, tendo perdido a sua identidade. Uma pena...
2.Dicas para comer
.Caneca de Prata (na Rua da Prata, pois claro), com uma boa oferta de petiscos. Falha, como tantos outros espaços, nos vinhos. Uma pena...
.La Brasserie de l' Entrecôte (Praça de Touros, Campo Pequeno), cópia da que existe há muitos anos na Rua do Alecrim. É um espaço algo requintado, onde se pode comer de 2ª a 6ª, o Menú Executivo por 12,90 €, com direito a entrada, prato principal (entrecôte) e vinho a copo.
.A Noélia (em Cabanas) fez obras, passou a ser um espaço algo requintado, que não era, e com uma boa carta de vinhos, que não tinha. Barca Velha a 260 €, por exemplo. Só não se percebe porque perdeu o direito ao nome. Agora chama-se simplesmente Restaurante Jerónimo. Injustiças!
3.Júlia Vinagre
Fico satisfeito pela minha crónica de 9/3 "Morreu uma grande senhora", não ter caído em saco roto. Tem uma ligação para a crónica "Júlia Vinagre : uma grande senhora caída no esquecimento", publicada em 13/1/2012, que já alcançou o 2º lugar das crónicas mais lidas, desde sempre, crónica esta que nem sequer constava no Top 10, em 31/12/2012.
4.Aniversário do blogue
Discretamente e sem qualquer aparato, o enófilo militante comemorou o seu 3º aniversário no passado dia 9 de março. E a propósito dos Top 10, relativamente a 2012, ficou incluído em 2: a selecção do Aníbal Coutinho e um dos mais lidos (entre os blogues portugueses de vinhos, entenda-se) segundo um site norte americano.
É um incentivo para continuar!

6 comentários:

  1. Parabéns caro Francisco. Continue que os seus seguidores, nos quais me incluo, agradecem!

    ResponderEliminar
  2. Fico grato pelas suas palavras.

    ResponderEliminar
  3. a perda de sitios como a Vital é um sinal dos tempos... e uma pena.

    quanto à noélia, embora eu sempre me referisse ao restaurante como "a noélia", tinha ideia de sempre ter sido, oficialmente, o "jerónimo", que era o único nome que estava no toldo nos tempos em que eu fazia férias por ali, entre 97 e 2005... nada tinha de refinado, tinha era alguns petiscos de revirar os olhos como a raia alhada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado L. pelos seus últimos comentários.
      Quanto à Noélia, o toldo que ainda lá está refere "Noélia e Jerónimo".

      Eliminar
  4. Parabéns Pai, continuação de bom blog!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Bruno. Fico satisfeito que vás acompanhando.

      Eliminar