sábado, 6 de abril de 2013

Vinhos em família (XLII)

Mais umas provas em família, descontraidamente com os rótulos à vista. Houve de tudo, entre decepções e surpresas. E foram:
.Duas Quintas Reserva Especial 04 - o lagar deu-lhe rusticidade em excesso; aroma algo vegetal, notas especiadas, alguma acidez, estrutura algo débil, final longo; falta-lhe elegância e harmonia; muito abaixo do esperado; consumir de imediato, pois já não vai afinar. Nota 16,5 (noutras situações 17,5/18+).
.Qtª Vale Meão 06 - com base nas castas T.Nacional (60%), T.Franca (20%), T.Roriz e T.Barroca (10% de cada); notas florais, acidez q.b., taninos civilizados, alguma estrutura, bom final de boca; já passou a melhor altura, consumir desde já. Nota 17+ (noutras 18/18,5).
.Atalaya 08 - um vinho da VDS bem trabalhado pelo Rui Reboredo Madeira; fruta vermelha, exuberante notas achocolatadas, muito concentrado, boca poderosa e final longo; com mais acidez poderia ser um caso sério; a beber nos próximos 4/5 anos. Nota 17 (noutra 16).
.Outeiro 08 - um produto Terras d'Alter já credenciado: medalha de ouro no Concurso Mundial de Bruxelas 2010 e um dos melhores do ano no Guia do JPM 2011; estagiou 14 meses em barricas novas; ainda com fruta, notas especiadas, tabaco, acidez equilibrada, taninos vigorosos, estruturado e final longo; ainda em forma mais 5/6 anos. Nota 17,5.

1 comentário:

  1. só me encoraja a manter a paciência relativamente ao outeiro 08 que tenho guardado... do qual espero muitíssimo.

    ResponderEliminar