sábado, 14 de dezembro de 2013

Cartão amarelo à ViniPortugal

Recebi há cerca de 1 mês, via e-mail, uma comunicação que referia a "ViniPortugal premeia vinho a copo no Populi", esclarecendo que fora atribuído a este restaurante um certificado de "qualidade de atendimento e seviço de vinho a copo". Notícia esta que me encheu de curiosidade, até porque nas crónicas que publiquei neste blogue sempre critiquei a falta de qualidade do serviço de vinho a copo do Populi, chegando a atribuir-lhe um cartão vermelho: "À descoberta do novo Terreiro do Paço (I)" em 29/7/2012 e "O novo Terreiro do Paço revisitado" em 7/10/2012.
E foi esta curiosidade que me fez voltar ao Populi e constatar que o serviço de vinho a copo está na mesma, isto é, mau! O copo já vinha servido e a garrafa não foi dada a provar. E, mesmo assim, a ViniPortugal deu-lhe um certificado de qualidade! Francamente, isso não se faz, senhores da ViniPortugal, até porque induz em erro os clientes menos avisados.
E já que estou a falar da ViniPortugal, não se entende, de todo, a afirmação sobre o azeite, expressa num dos cartazes expostos: "(...) Consumir azeite produzido em cooperativas é consumir um produto de grande qualidade". Então, o azeite esgota-se nas cooperativas? E os outros, alguns com prémios internacionais?
Voltando ao Populi, faz-me pena pois este restaurante tem um potencial na área vínica que a maior parte dos espaços de restauração não tem: apreciável selecção de vinhos (apesar da omissão dos anos de colheita), bons copos e armários térmicos para que estas bebidas sejam servidas à temperatura adequada. Dão nozes a quem não tem dentes...
Voltando à minha última visita, escolhi entre 6 entradas e 5 petiscos, uma tábua com polenta frita e maionese de caril, tiras de choco em tempura e saladinha de favas com farinheira e alecrim, tudo por 12,50 €. Fiquei bem almoçado.
Acompanhei com 1 copo de tinto Qtª dos Carvalhais 2009 - notas florais, fresco e elegante, especiado, taninos presentes, alguma estrutura e final de boca médio. Nota 16,5+. Maridou bem com os petiscos.

5 comentários:

  1. Caro Francisco,
    Concordo consigo na questão do vinho a copo (embora não conheça o restaurante visado). No geral, entendo que os restaurantes, continuam equivocados quanto à sua real função. Não é vender vinho nem comida como se pode pensar à primiera impressão. è serviço. E é precisamente o serviço e a sua qualidade que devemos avaliar. È por isso que muitas vezes não entendem a critica, pois se a comida e o vinho servido até são bons...
    Se puder esclareça-me o seguinte. O que tem a viniportugal a ver com o azeite?

    ResponderEliminar
  2. Caro Hugo Mendes,
    Agradeço o seu comentário. Quanto à questão posta, obviamente nada, mas a ViniPortugal será responsável pelo conteúdo da referido cartaz.

    ResponderEliminar
  3. bem, resta-me dizer que pensava ir lá nos próximos dias até por causa dessa distinção. estava na dúvida entre o populi e o outro restaurante. e agora já não tenho dúvidas. não tenho possibilidade de ir jantar fora muitas vezes, não posso ir ao engano... não é amarelo, é mesmo cartão vermelho para a viniportugal.

    ResponderEliminar
  4. Caro Francisco Cunha;

    Gostaria de agradecer o seu comentário e o interesse que demonstrou pelo serviço de vinho A Copo. Um tema que tem sido o foco da actividade da ViniPortugal em Portugal, através da campanha “A Copo!”, criada no final de 2010 pela ViniPortugal com o objectivo de sensibilizar para as vantagens associadas ao consumo de bom vinho a copo, de entre as quais se destaca o acesso a uma grande diversidade de vinhos de elevada qualidade, de forma moderada e responsável, a um preço mais acessível.

    Em relação ao seu comentário sobre a sua visita ao Populi, gostaria de lhe transmitir que: A ViniPortugal desde 2011 que visita, avalia e classifica restaurantes, bares e wine bares, com vista a valorizar o bom serviço de vinho a copo, um pouco por todo o país. Na agilização deste projecto, temos equipas profissionais com experiencia neste tipo de avaliação que visitam estes espaços sob a forma de cliente anónimo, para que esta avaliação seja credível, para quem procura por este dístico na hora de escolher, onde vai beber um vinho a copo.

    Os critérios que usamos para a avaliação dos estabelecimentos obedecem a um conjunto de paramentos que vão desde a lista de vinho a copo disponível (sua diversidade, se tem ou não ano de colheita, quantas regiões abrange, que tipo de vinhos contém e que informação disponibiliza por vinho) passando pelo serviço, onde os copos utilizados são avaliados, as temperaturas de servido, qualidade do serviço e o aconselhamento que é prestado sobre o produto, bem como, a avaliação da relação qualidade preço dos vinhos disponíveis na carta.

    O restaurante em questão já foi visitado pela nossa equipa em 2012 e em 2013, e o serviço a copo prestado mostrou-se de grande qualidade, razão pela qual tem um dístico com o reconhecimento da ViniPortugal. Acreditamos que no dia em que visitou o Populi, possa ter sido confrontado com um colaborador com menos experiência e não tão habilitado para o serviço de vinho, e que de facto, possa não ter cumprido com todos os detalhes que o serviço a copo requer, para ser de qualidade, o que desde já lamentamos, mas que foge do nosso alcance, dado que não podemos controlar todos os colaboradores de todos os espaços. Este estabelecimento já foi visitado por nós 3 vezes e em todas as visitas, se mostrou à altura de manter este reconhecimento.

    Quanto à questão do azeite que menciona, a ViniPortugal não promove azeite e por isso a autoria dessa nota não é da nossa responsabilidade.

    Valorizamos os seus comentários, pelo que se de futuro detectar anomalias nos restaurantes que visita, agradecíamos que nos alertasse.

    Com os melhores cumprimentos
    Nuno Vale
    Director de Marketing da ViniPortugal



    ResponderEliminar
  5. Caro senhor,
    Agradeço a sua resposta à minha crónica. Não pretendendo polemizar, não me pareceu que o colaborador do Populi fosse inexperiente ou pouco habilitado, antes pelo contrário. Já é a 3ª vez que visito o Populi e em todas elas o serviço foi nos mesmos moldes, ou seja, deficiente. Aliás, dialogando com os empregados que me atenderam, todos me disseram que o serviço a copo no Populi era assim mesmo. Vai-me desculpar, mas continuo a pensar que o certificado de qualidade no serviço a copo foi mal atribuido.
    Cumprimentos,
    F.Barão da Cunha

    ResponderEliminar