terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Almoço na Casa de Pasto

Aberta recentemente e já muito badalada, a "Casa de Pasto" fica num 1º andar na R. São Paulo,20 (ao cais do Sodré), num antigo escritório que já tinha sido residência. Esta é uma das originalidades. As outras são o espaço, o menú e a lista de vinhos. Só pela decoração, de muito bom gosto, vale a pena subir uns tantos degraus. A "Casa de Pasto" é um espaço acolhedor, com as mesas guarnecidas com toalhas e guardanapos de papel, em contra-mão com a tendência actual de tudo ser reduzido ao mínimo dos mínimos. Resumindo, casa de pasto só no nome!
A mais valia deste novo restaurante é ter ido buscar o chefe Diogo Noronha, a comandar os tachos e responsável pelo menú, ao Pedro e o Lobo. Para além dos tradicionais peixes e carnes, podemos escolher entre 5 acepipes, 4 enchidos, 5 potagens, 8 pitéus, 7 braseiros e 10 guarnições. Nesta 1ª visita optei por croquete de frango e rissol de berbigão (2 € cada), torrada de polvo com tomate e alho assado (4 €) e, ainda, pezinhos de porco em escabeche (3,50 €). Tudo delicioso e apresentado com originalidade.
Quanto a vinhos, inventariei (entre parêntesis a oferta a copo) 3 espumantes (2), 11 brancos (4), 15 tintos (2) e 1 rosé (1) que, em geral, têm bons preços. Não dei fé de vinhos fortificados, mas admito que tenham.
Bebi um copo de Qtª das Hidrângeas Reserva 2009 (4 €) - ainda com muita fruta, alguma complexidade, especiado, acidez no ponto, bom volume e final de boca. Uma boa surpresa. Nota 17.
A garrafa veio à mesa, o vinho dado a provar a uma temperatura correcta, servido a olho em quantidade generosa. Confesso que não gostei nada do copo, mas saí de lá com a convicção que este "problema" ia ser resolvido oportunamente.
Serviço eficiente e profissional, mas também simpático. Recomendo vivamente e tenciono voltar. Um senão: a música de fundo, para o meu gosto, estava demasiado alta.

3 comentários:

  1. fica bem perto aqui do vestigius... tenho que ir experimentar!!!! pela descrição fica apenas a sensação que há poucos tintos a copo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.Também me posso ter enganado no inventário. Corrija-me, se for esse o caso.

      Eliminar
  2. confirmo apenas 2 tintos a copo. fui para a garrafa de bageiras reserva 2010... está estupendo, mesmo com muita juventude... assino por baixo a questão dos copos. o serviço demorou um pouco mas dou boa nota ao restaurante, no global. comi sopa de farinheira e perdiz estufada, ambos em excelente diálogo com o vinho.

    ResponderEliminar