domingo, 23 de fevereiro de 2014

Cozido n' A Commenda

Desafiado por um grupo de amigos, fui comer o cozido que A Commenda, o restaurante do CCB, serve aos Domingos. Por 25 € come-se um belo cozido (pareceu-me bem melhor do que há alguns anos atrás), a que acresce o couver, bufete de entradas e de sobremesas, e o café.
Foi mais uma boa sessão vínica, tendo desfilado no decorrer do almoço:
.Borges Verdelho 20 Anos (da minha garrafeira) - ostenta a medalha de ouro atribuida no International Wine Challenge; nariz exuberante, frutos secos, notas de iodo, caril e brandy, acidez equilibrada, volume de boca e persistência final. Bebido no início e final da refeição. Excelente relação preço/qualidade. Nota 18.
.Qtª dos Abibes 2009 (levado pelo Raul Matos) - enologia do Osvaldo Amado; 100% T.Nacional, uma pequena produção (apenas 3100 garrafas) que estagiou 12 meses em barricas de carvalho francês; a Touriga não está muito evidente, mas tem boa acidez, estrutura e final de boca; em forma mais 6/7 anos. Nota 17.
.Vinha Othon Reserva 2009 em magnum (levado pelo João Quintela) - com base nas castas T.Nacional, Jaen e T.Roriz de vinhas velhas, tendo estagiado em cascos de carvalho francês (o contra rótulo não refere o tempo de estágio); nariz exuberante, elegante e equilibrado, boa acidez, taninos bem evidentes sem agressividade, volume e apreciável final de boca; aguenta bem mais 9/10 anos. Nota 18.
.Artur Barros e Sousa Moscatel, engarrafado em 1997 (da garrafeira do Raul) - aroma exuberante e muito complexo, embora a casta não esteja muito evidente, frutos secos, citrinos, algum vinagrinho, taninos vigorosos, grande volume de boca e final interminável. Um grande Madeira! Nota 19.
A Commenda, que conquistou 1 Garfo no concurso Lisboa à Prova 2013, tem uma situação privilegiada e um serviço de vinhos muito profissional.
Obrigado João e Raul pelo desafio!

Sem comentários:

Enviar um comentário