quarta-feira, 14 de maio de 2014

Os espumantes na campanha eleitoral: ignorância e boçalidade

Leio no Público, de ontem, "Caso do Conselho de Ministros faz saltar a rolha" e analiso as 2 fotografias que o ilustram. Em destaque, a visita dos cabeças de lista às europeias, por parte dos partidos do centrão, às caves da Raposeira e da Murganheira.
Numa delas está o deputado Francisco Assis a agarrar o flute, com a mão inteira, com medo que fuja. Então, o senhor deputado não tem nenhum assessor que o ensine a pegar no dito, correctamente?
Mais grave, é ver o deputado Paulo Rangel a beber pela garrafa, depois de esta ter passado pela boca do deputado Nuno Melo, num estilo perfeitamente boçal, perante uma assistência assustadoramente conivente. Ó senhores deputados, tenham maneiras. É a coligação no seu melhor!
Mais ainda, os jornalistas contaram que o deputado Paulo Rangel, por 1 €, levou uma garrafa de espumante  Murganheira Czar, que custa no mercado cerca de 30 €. Deve ser o Estado Social a funcionar ao contrário!
Francamente...

3 comentários:

  1. É a vergonha de candidatos e partidos que temos para nos representarem na Europa. Já bastava a desgraça do que fazem por aqui, sejam eles à direita ou à esquerda.

    ResponderEliminar