quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Vinhos em família (LVII) : o rei vai nu...

Mais alguns vinhos da minha garrafeira (1 branco, 3 tintos e 1 Madeira) provados, na maioria, calmamente em casa. A excepção foi o Poeira, degustado com amigos no restaurante da Ordem dos Engenheiros.
.Artur Barros e Sousa Sercial 86 (engarrafado em 2008) - frutos secos, citrinos, vinagrinho não muito acentuado, notas de brandy, algum volume e final longo; muito seco. Um bom Sercial, mas sem esmagar. Nota 17,5.
.Soalheiro Alvarinho 1ª Vinhas 2011 -  com base em vinhas velhas com mais de 30 anos; côr doirada e brilhante, nariz exuberante, frutado, tropical discreto, elegante e harmonioso, boa acidez e alguma gordura, final de boca extenso; ainda longe da reforma, 3 anos de garrafa fizeram-lhe muito bem. Nota 18 (noutras situações 17,5+/17,5/17,5).
.Poeira 2007 - nariz austero, alguma fruta, notas apimentadas, acidez fabulosa, taninos civilizados, volume e final longo; elegante e harmonioso; a beber nos próximos 7/8 anos. Nota 17,5+.
.Qtª da Touriga Chã 2008 - 3000 unidades engarrafadas em 2010 - côr ainda carregada, muita fruta, nariz complexo, especiado, notas de couro e algum chocolate preto, volume apreciável e final longo. A consumir nos próximos 5/6 anos. Um grande Douro que, apesar das notas altas da crítica, ainda não é considerado uma referência pelos consumidores. Nota 18 (noutra 17,5+).
.Qtª de Pancas Grande Escolha 2008 - com base nas castas T.Nacional, Cabernet e Petit Verdot, estagiou em barricas de carvalho (o contra rótulo é omisso quanto ao tempo de estágio); nariz e boca extremamente agressivos, fumado com notas de cinza, vegetais e químicas, taninos musculados; total falta de harmonia e equilibrio. A despachar rapidamente, enquanto não bate no fundo. Nota 13 (noutras 17,5/13).
É curioso lembrar as notas que obteve quando saiu para o mercado:
.93 pontos na Wine Enthusiast
.um dos melhores vinhos em 2011 (Revista de Vinhos)
.17,5 no Guia do João Paulo Martins
.13 no Guia do Rui Falcão (o único que não gostou deste vinho)
É caso para afirmar que o "rei vai nu"!

Sem comentários:

Enviar um comentário