quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

2014 : na hora do balanço (IV) - 10 fortificados

A crónica de hoje é dedicada aos fortificados (Porto, Madeira e Moscatel) que mais me empolgaram no decorrer de 2014 e provados, quase em exclusivo, no âmbito dos encontros do nosso grupo de Vinhos da Madeira:
1.Borges Verdelho 1940
2.Artur Barros e Sousa Boal Solera 1963
3.Blandy Bual 1969
4.Borges Malvasia 40 Anos
5.Artur Barros e Sousa Moscatel
6.Artur Barros e Sousa Malvasia Solera 1965
7.Borges Sercial 1979
8.Fonseca Vintage 1994
9.Moscatel Roxo JMF 20 Anos
10.Blandy Malvasia 1988 e Malvasia 1996
Não estão neste Top, mas também foram pontuados ao nível da excelência: Artur Barros e Sousa Malvasia 1886, Sercial 1963, Terrantez 1981, Bual Solera 1963 e Moscatel Velho 1890, Moscatel Alambre JMF 20 Anos e Qtª do Noval Vintage 1985.
De salientar:
.Mais uma vez, o predomínio do Vinho da Madeira, não deixando espaço para o Vinho do Porto ou o Moscatel de Setúbal
.A presença das marcas Borges e Artur Barros e Sousa, embora este último produtor, com muita mágua nossa, tivesse cessado as suas actividades no ano passado, constituindo uma boa alternativa aos vinhos da Madeira Wine
.A evidência da casta Malvasia que, neste balanço, ultrapassou todas as outras (Sercial, Verdelho, Bual e Terrantez) que ficaram em minoria.
Em próxima crónica será apresentada a minha escolha dos restaurantes que mais me disseram, no decorrer de dezenas de visitas a espaços de restauração, em 2014.
.

2 comentários:

  1. Caro Francisco,
    Ando a beber Madeiras muito docinhos em 2014 para a Malvas(z)ia ter ficado em primeiro lugar. Reparo também que 2014 não foi uma ano pródigo, para si, em Portos de outro Mundo, Quem sabe em 2015. Quanto a Moscatéis, o eterno 20 anos da JMF com uma RQP quase imbatível, mas estava à espera de ver mais, como o 80 de Favaios, o 1911 da JMF, o 96 da Sivipa ou mesmo algum da Bacalhôa que parece-me que anda a mexer bem naquilo, a por moscateis com muita frescura no mercado. Falta-lhe é marketing.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo (pode identificar-se?),
      Obrigado pelo seu comentário, que muito apreciei.
      1.Quanto aos Madeiras
      Foi o fortificado que mais provei em 2014. Embora aprecie mais as castas Boal e Verdelho, de facto fiquei rendido à excelência dos vinhos Malvasia que provei e que não eram nada "docinhos".
      2.Quanto aos Portos
      Provei muito pouco durante o ano passado. Mas, de um modo geral, aprecio mais um bom Tawny velho do que um Vintage. São gostos.
      3.Quanto aos Moscateis
      Tirando o 20 anos da JMF, não provei nenhum dos que refere. Provei alguns da Bacalhôa mas, por enquanto, não atingem o patamar de qualidade da JMF.
      Abraço

      Eliminar