domingo, 8 de março de 2015

Curtas (LIII) : Lisboa Restaurant Week e revisitas

1.Lisboa Restaurant Week (LRW)
Aproveitei mais uma edição do LRW para conhecer 2 restaurantes (Arola e Rossio) e revisitar 1 (o Lisboète). Este último foi objecto de recente crónica, pelo que não vou desenvolver a notícia. Mas  confirmei que se mantém em alta, quer na cozinha quer na sala, com um serviço de vinhos de qualidade. A meu pedido, vieram para a mesa os copos tipo "Bordéus", que são aqueles que gosto.
Comi  um folhado de camarão, espadarte com caril, leite de côco e basmati cremoso e, ainda, uma delícia exótica, tudo francamente apetecível.
Quanto ao vinho, desta vez, como estava com amigos, veio uma garrafa do tinto Meandro 2012 - muito frutado, fresco, acidez equilibrada, taninos presentes sem incomodar, volume e final apreciáveis. Precisa de mais 2/3 anos para se mostrar completamente. Nota 17.
Volto a recomendar, vivamente, este inesquecível espaço.
Quanto ao Arola e ao Rossio (restaurante do Altis Avenida), falarei das minhas experiências em crónicas separadas.
2.Enoteca revisitada
Levei uns amigos a conhecer a Enoteca de Belém, tendo o almoço decorrido como aquele espaço nos habituou, isto é, muito bem.
Comemos um menú desenhado pela equipa da casa, incluindo as respectivas harmonizações com vinhos da Enoteca e que teve o aplauso geral.
Não tive oportunidade de tomar notas para cada um dos vinhos provados, limitando-me a classificá-los. Desfilaram:
.Espumante Monte Cascas 2008 (Távora), no papel de bebida de boas vindas e acompanhante do couver. Nota 16,5.
.Muros Antigos Alvarinho 2013 (?), maridou bem com tártaro de salmão. Nota 17.
.Qtª Pedra Escrita 2011 (V.R.Duriense), fez um bom casamento com um prato de polvo. Nota 17.
.Júlia Kemper 2009 (Dão), harmonizou com um prato de veado. Nota 18.
Houve ainda uma sobremesa, mas não a registei, nem sequer o vinho que a acompanhou. Mea culpa!
Foi uma grande jornada, com os meus amigos a ficarem completamente rendidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário