quinta-feira, 16 de abril de 2015

Jantar Susana Esteban : Procuras e Aventuras...

Mais uma iniciativa da Garrafeira Nectar das Avenidas, desta vez com os vinhos e presença da enóloga e produtora Susana Esteban. Foi o 42º evento desta garrafeira. É obra!
O evento desenrolou-se no restaurante Sem Dúvida, já aqui referido e elogiado em "O grupo dos 3 (16ª sessão)", crónica publicada em 27/9/2011. Devo dizer que este foi, para mim, o jantar vínico mais equilibrado de todos os organizados pela Nectar das Avenidas, em que participei. De facto, o ritmo foi muito bom, não havendo praticamente tempos mortos entre os pratos, a gastronomia mostrou qualidade, as doses eram as certas, nem diminutas nem excessivas, o serviço era profissional e o repasto terminou a horas decentes. Oxalá fosse sempre assim...
Quanto aos beberes e comeres, desfilaram:
.Aventura 2013 branco - a partir de vinha velha na Serra de S. Mamede, tendo passado apenas por inox; produzidas 4000 garrafas; aromático, frutado, fresco, boa acidez, volume e final médios. Agradável e correcto, mas sem exaltar os sentidos. Nota 15,5.
Ligou bem com queijo fresco, ervas e azeite virgem.
.Procura 2013 branco - estagiou 8 meses em barricas de carvalho francês; produzidas 1700 garrafas; acidez equilibrada, elegância, alguma gordura e complexidade, notas fumadas, volume e final apreciável; muito harmonioso, vai evoluir bem em garrafa. Nota 17,5.
Fez uma maridagem perfeita com a garoupa estaladiça e palha de alho francês.
.Aventura 2013 - a partir das castas Aragonês e T.Nacional, em vinha na região de Portalegre; 12000 garrafas produzidas; fruta preta, acidez correcta, mas pouco harmonioso, volume e final médios. Precisa de tempo para se harmonizar. Nota 16.
Não ligou minimamente com a trouxa de cogumelos.
.Procura 2012 - a partir da casta Alicante Bouschet, fermentou em lagar e estagiou 16 meses em barricas de carvalho francês; produzidas 5100 garrafas; fruta presente, acidez no ponto, especiado, notas evidentes de cacau, taninos evidentes mas civilizados, volume e final de boca apreciáveis. Sofisticado e harmonioso. Já está bebível, mas vai melhorar com mais 4/5 anos de garrafa. Nota 18.
Casamento feliz com um lombo de borrego e gratin de batata.
A harmonização das sobremesas ficou ao nosso critério. Pela minha parte, acompanhei a degustação de queijos com o Procura branco (ligou bem) e a delícia de chocolate com o Procura tinto (não ligou tão bem).
Finalmente, para o que estamos habituados, um jantar com apenas 4 vinhos é curto. Faltou aqui um vinho fortificado. Penso que teria sido fácil, para a distribuidora dos vinhos da Susana Esteban, ter arranjado um produtor de vinhos fortificados que pudesse ter feito uma parceria para este evento.

Sem comentários:

Enviar um comentário