quinta-feira, 4 de junho de 2015

Curtas (LIX) : o aniversário do João e seus vinhos e, ainda, novos espaços a visitar

1.Os anos do João Quintela (JQ)
O JQ juntou cerca de 50 amigos na Casa do Bacalhau, para comemorar mais um aniversário, numa espécie de almoço ajantarado.
O que se comeu?
Pastelinhos de bacalhau e pataniscas do dito, caril de bacalhau e cabrito assado, tudo com a qualidade que a Casa do Bacalhau, já aqui referida por diversas vezes, nos habituou.
O que se bebeu?
Os vinhos comemorativos do aniversário do João vieram todos da sua garrafeira. Não havendo condições para grandes descrições, limitei-me a pontuá-los (exceptuam-se uns tantos espumantes que não cheguei a provar) :
.Dão Solar das Francesas 1980 magnum (ainda com invejável saúde, nota 17)
.Vale da Poupa Moscatel Galego 2013 (a cumprir a sua função, nota 15,5)
.Qtª de Pancas Grande Escolha 2008 magnum (curiosamente referi-me a este vinho numa crónica "Vinhos em família (LVII) : o rei vai nu...", publicada em 6/11/2014, afirmando "(...) A despachar rapidamente enquanto não bate no fundo"; pelos vistos já bateu! Nota 11)
.Qtª Seara d' Ordens Reserva 2012 em garrafa de 5 litros (precisa de mais tempo em garrafa, nota 16,5+)
.Anima L08 magnum (um Sangiovese cheio de classe, nota 17,5)
.Portalegre 1999 magnum (um alentejano ainda longe da reforma, nota 17)
.Aalto 2004 em garrafa de 3 litros (a joia da corôa do JQ, mas esperava mais; nota 17)
.Qtª do Vesúvio 2009 magnum (certinho, com tudo no sítio; nota 17+)
Obrigado João. Podes fazer mais anos...
2.Novos espaços
.Garrafeira de Santos (Rua de Santos-o-Velho,74)
Abriu há já algum tempo, mas ainda não tinha oportunidade de a conhecer. O mentor, gerente e proprietário é o Francisco Dias, já meu conhecido do restaurante O Mattos. Tem uma cuidada selecção de vinhos.
.Fallis Wine Bar e Garrafeira (Rua da Assunção,15)
Um local onde se pode comprar vinhos, provar e petiscar. Uma espécie de 3 em 1.
.Conserveira da Trindade (Rua Nova da Trindade,11)
Um projecto conjunto da CARM (vinhos e mercearia fina) e de uma conserveira algarvia, da qual não retive o nome. Tem uma boa oferta, embora restringida aos produtos das empresas promotoras. Só que não faz nenhum sentido a sua política de preços. Por exemplo, os vinhos CARM Reserva que custam 10/12 € em qualquer ponto de venda, ali subiram para os 18 €, uma perfeita loucura!

2 comentários:

  1. A Garrafeira de Santos tem um conceito estranho. Ora está aberta ora não está. Já ouvi dizer que ia fechar de tão pouco movimento que tem.

    ResponderEliminar