terça-feira, 1 de setembro de 2015

Barbatana : um restaurante de luxo num centro comercial

O grupo do Porto de Santa Maria resolveu replicar o seu restaurante do Guincho no C. C. Amoreiras, com base no peixe e marisco, e contando com a colaboração do chefe Miguel Laffant que desenhou a carta.
O Barbatana tem uma sala, a única com vistas para o exterior, em todo o centro comercial, onde pratica preços altos de um modo geral e demenciais nos vinhos. A título de exemplo, encontrei o Soalheiro Alvarinho 1ª Vinhas a 42 €, Anselmo Mendes Curtimenta a 67 €, MR Premium Rosé a 48 € e Herdade dos Grous 23 Barricas a 75 € (!!!). Ó senhores do Porto Santa Maria, francamente! A estes preços, nem os angolanos endinheirados lá chegarão, agora que o petróleo está em baixa! Não lhes auguro muito tempo de vida...
Além desta sala há um balcão com meia dúzia de lugares (bancos altos muito incómodos), onde se pode comer e beber a preços mais ou menos acessíveis. Foi ali que eu abanquei e degustei rissol de berbigão (3 unidades, 5,50 €) e camarão à la guilho (8,90 €).
Ao balcão há um menú do dia, este sim a um preço decente (entrada ou sopa, prato do dia, bebida e café a troco de 9,20 €). também se podendo optar pelas restantes ofertas (marisco, twist, saladas, torricados, tártaros, peticos do mar e noodles).
A oferta a copo está muito reduzida e desinteressante. Por deferência do empregado, pude optar por um vinho da sala principal, o branco Beyra 2014 - cítrico, muito fresco e mineral, elegante e equilibrado, maridou bem com a comida. Nota 16.
A garrafa veio à mesa e o vinho dado a provar num bom copo Schott. Simpaticamente, cobraram-me apenas 2,50 €, o preço da bebida da casa, se calhar para amenizar os meus protestos quanto aos preços imorais praticados no restaurante.
Enquanto os preços dos vinhos não forem revistos, desaconselho este Barbatana e não voltarei lá a pôr os pés.

1 comentário: