sábado, 2 de janeiro de 2016

Rescaldo das Festas

Desenrolaram-se em 4 momentos, uns mais agitados, com crianças presentes, o que não dava para pôr na mesa vinhos de topo, outros mais calmos, já a permitirem sair da minha garrafeira uns vinhos mais entusiasmantes. Não houve tempo nem oportunidade para tomar notas, limitando-me a atribuir as respectivas classificações.
.1º momento (consoada)
Somnium 2012 branco do Douro (16) com mini pastéis de bacalhau e mini croquetes, Qtª do Carvalhão Torto 2008 tinto do Dão (16,5) com um prato de bacalhau no forno, Graham's 20 Anos (17,5) e FMA Bual 1964 (18,5) com as sobremesas.
.2º momento (almoço de Natal)
Ferreirinha Reserva Especial 2007 (18,5) em grande forma e ainda para durar, e Qtª Vale Meão 2007 (17,5+) já na curva descendente, com um cabrito no forno, vindo directamente do restaurante Descobre. Os mesmos fortificados servidos na véspera acompanharam as sobremesas.
.3º momento (jantar de fim de ano)
Reguengo de Melgaço Alvarinho 2010 (16) com camarões, Grandes Quintas Vinha do Cerval 2011 (18,5), uma grande surpresa e o tinto que mais gostei quando andei nas provas do EVS 2015 e que, no painel tintos do Douro, organizado pela RV, ficou a par do Pintas e do Poeira, entre outros vinhos credenciados, a acompanhar uma série de petiscos. Com as sobremesas avançaram o Grandjó Late Harvest 2008 (17) e o Borges Malvasia 30 Anos (17,5).
4º momento (almoço de ano novo)
Foi na Casa do Bacalhau, com bacalhau Riberalves, pastéis do mesmo e pasta de azeitona. Tudo isto com água a acompanhar, para compensar os excessos das festas!

Sem comentários:

Enviar um comentário