domingo, 31 de janeiro de 2016

Vinhos em família (LXVIII) : finalmente os tintos de 2011...

A fechar o mês, mais uma rodada de vinhos provados tranquilamente em família e com os rótulos à vista. E todos a portarem-se muito bem: 1 Alvarinho, 1 Colheita Tardia, 1 Madeira e 2 tintos da colheita excepcional que foi o ano de 2011, nomeadamente no Douro. Ei-los:
.Soalheiro Alvarinho 1ª Vinhas 2013 - austero, presença de citrinos, algum leve tropical, acidez equilibrada, elegante e sofisticado, algum volume e persistência. Nota 17,5+ (noutras situações 17,5+/17,5+).
Acompanhou bem uns belos camarões de Moçambique.
.Nunes Barata Grande Reserva 2011 (produzido pela família Nunes Barata, no Cabeção) - com base nas castas Alicante Bouschet, Syrah e Cabernet Sauvignon, estagiou 1 ano em barricas de carvalho francês; nariz contido, presença de frutos pretos, notas florais, acidez no ponto, algo especiado, potência de boca, mas elegante e grande final de boca. Ainda está crescer, dará o seu melhor daqui por 4/5 anos. Praticamente esquecido pela crítica especializada, foi a minha grande surpresa quando andei a provar vinhos alentejanos no CCB, no último verão. Nota 18.
.Qtª Crasto Vinhas Velhas 2011 - estagiou 18 meses em barricas de carvalho francês; nariz exuberante, ainda com muita fruta vermelha, especiado, notas de tabaco e algum chocolate, acidez no ponto, taninos suaves, volume, elegância e bom final de boca. Tem a melhor relação preço/qualidade em vinhos de gama média/alta. Nota 18,5 (noutra 17,5+).
Estes 2 tintos foram provados em paralelo, a acompanhar umas saborosíssimas alheiras de Mirandela.
.Grandjó Late Harvest 2008 - com base na casta Sémillon; presença de citrinos e mel, acidez não muito acentuada, alguma gordura e volume, final de boca médio. Nota 17,5 (noutras 16,5+/17,5+17,5+/18).
Foi provado com uma sobremesa.
.Borges Malvasia 30 Anos - nariz exuberante, complexidade com predominância de frutos secos, vinagrinho, notas de caril e iodo, alguma gordura e volume, final muito longo. Nota 18 (noutras 18/18).
Provado no final da refeição com frutos secos.

Sem comentários:

Enviar um comentário