quinta-feira, 26 de maio de 2016

Pap' açorda : do Bairro Alto para o Mercado da Ribeira

Fui recentemente "descobrir" o novo Pap' açorda que se instalou no 1º piso do Mercado da Ribeira. Quando se entra, directamente para a sala dos não fumadores, depois de se ter de fazer alguma força para a grande porta se abrir, é-se agredido pela música de fundo, o que só apetece voltar para trás. Manteve-se assim, mesmo depois de ter solicitado para a baixarem, durante algum tempo, só acalmando já eu ia a meio do almoço. Francamente!
Este restaurante tem uma ementa alargada, mantendo-se parte dos pratos do Bairro Alto e avançando com algumas novidades. Fixei-me nos petiscos, tendo pedido um pastel de massa tenra (2,50 €), um croquete de vitela (2 €), pezinhos de coentrada (5,50 €) e torricado de enchidos (4,50 €), antecedidos de um bom couver (3 tipos de pão, azeitonas e 1 mini pastel de massa tenra, tudo por 2,50 €). Nota alta para os pastéis e, sobretudo, para os pezinhos que estavam uma delícia.
Quanto a vinhos, o Pap' açorda apostou forte num espaço climatizado  para cerca de 500 garrafas (!), bons copos e uma selecção criteriosa, com especial incidência no Douro e Alentejo.
Inventariei  3 espumantes (2 a copo), 8 champanhes (3), 32 brancos (12), 4 rosés (2) e 37 tintos (8). Os vinhos verdes estão separados dos brancos, o que não se entende. Mais: os fortificados não constam na lista, tendo sido desterrados para a carta do bar a qual também inclui colheitas tardias.
A ignorância dos empregados no que toca a vinhos é gritante, pois não me souberam responder a perguntas tais como a capacidade e a que temperatura estava o espaço térmico. Lá me empurraram para um senhor que sabia essas coisas mas, quando o questionei quanto à omissão dos vinhos fortificados, fez um ar espantado, perguntando-me o que era isso. Fiquei esclarecido!
Optei pelo tinto Assobio 2014 (4,90 €, uma exorbitância, mas barato se comparado com os outros vinhos a copo!) - muito frutado, alguma acidez, muita juventude e alguma agressividade, volume e final de boca médios. Pouco interessante. Nota 15.
 A garrafa veio à mesa e o vinho dado a provar num copo sofrível (que trocaram pelo bom copo que estava na mesa. Temperatura e quantidade correctas.
Serviço, além de ignorante no que toca a vinhos, distante e impessoal. Estamos conversados...e não tenciono voltar.

Sem comentários:

Enviar um comentário