sábado, 23 de julho de 2016

Novo Formato+ (24ª sessão) : um madeira polémico, um alentejano e um moscatel excepcionais

Mais uma sessão deste grupo de enófilos, desta vez "chez" Lena/Juca, em pleno Alentejo, debaixo de um calor tórrido e depois do sofrimento que é passar a Ponte 25 de Abril nesta altura do ano.
À chegada, fomos recebidos com o espumante Soalheiro Alvarinho 2014, a mostrar uma boa acidez e bolha fina e a cumprir da melhor maneira a sua função de bebida de boas vindas.
Seguiram-se:
.Qtª de Cidrô Alvarinho 2013 - nariz contido, fruta madura, acidez nos mínimos, alguma gordura e volume. Agradável, mas sem a complexidade dos alvarinhos nascidos em seu sítio (Monção/Melgaço). Nota 16,5.
Acompanhou uma série de pequenas entradas (queijo com tomate seco, ovos de codorniz, pimentos padrón e enchidos).
.Henriques e Henriques Sercial - frutos secos, iodo, brandy, acidez nos mínimos, alguma doçura, volume assinalável e final muito longo. Este Madeira não foi nada consensual pois, não sendo nada seco, o perfil apontava mais para a casta Bual (meio doce). Abstraindo do problema da identidade da casta, gostei deste Madeira. Nota 18.
Brigou com um ceviche de tamboril (uma experiência falhada), o que também o prejudicou. Se tivesse sido servido no final com as sobremesas, outro galo cantaria.
.Qtª do Mouro Rótulo Dourado 2007 (em magnum) - nariz exuberante, ainda com muita fruta, notas vegetais, boa acidez, especiado, algum chocolate, volume e bom final de boca; grande complexidade e perfil pouco alentejano. Ainda tem pernas para andar mais 3/4 anos. Nota 18,5.
Maridou bem com um saboroso coelho estufado e puré de batata.
.Moscatel Secret Spot 40 Anos - presença de citrinos e frutos secos, notas de mel, alguma acidez, volume e final de boca notáveis. Um excelente Moscatel do Douro (o melhor, para mim) a bater-se bem com os clássicos de Setúbal. Nota 18,5.
Bem acompanhado por uma tábua de queijos, doçaria variada e salada de frutas.
No final do repasto, para limpar o palato, marchou um Soalheiro Alvarinho 1ª Vinhas 2013, a portar-se bem, como sempre.
Grande jornada de convívio, comeres e beberes. Obrigado Juca! Obrigado Lena!

Sem comentários:

Enviar um comentário