sábado, 6 de agosto de 2016

Provar vinhos com os Lavradores de Feitoria

Mais uma apresentação e prova de vinhos em que tomei parte, desta vez com os Lavradores de Feitoria, representados pela Olga Martins (CEO) e Paulo Ruão (enólogo), tendo-se desenrolado no terraço do Hotel Porto Bay Marquês.
Sobre os Lavradores e a Olga, já aqui mencionados por diversas vezes, destaco as crónicas:
."Jantar Lavradores de Feitoria", publicada em 14/4/2012
."Jantar Lavradores de Feitoria", publicada em 12/2/2015
."Curtas (XXXIV)", publicada em 10/7/2014 (no ponto 1.Lavradores de Feitoria e a Blogosfera)
E os vinhos foram:
.Três Bagos 2015 branco - com base nas castas Viosinho, Rabigato e Gouveio; fresco e mineral, acidez equilibrada, volume e final médios, correcto e harmonioso. Óptimo para acompanhar entradas leves ou bebido a solo. Nota 16,5.
.Três Bagos Sauvignon Blanc 2015 - 20 % estagiou em madeira; mais exuberante e com maior complexidade, notas vegetais leves, boa acidez, alguma gordura, volume e final médios. Melhor com entradas mais elaboradas. Nota 17.
.Três Bagos Reserva 2013 - com base nas castas Tinta Roriz (50 %), Touriga Nacional (30 %) e Touriga Franca (20 %), tendo 50 % do lote estagiado 8 a 10 meses em barrica; muito frutado, fresco, acidez equilibrada, notas apimentadas, taninos civilizados, algum volume e final de boca. Pronto a beber, mas melhor daqui a 2/3 anos. Nota 17+.
.Três Bagos Grande Escolha 2011 - muito fino, fresco e elegante, especiado, notas de chocolate e tabaco, taninos presentes e civilizados, volume e final de boca assinaláveis. Ainda muito fechado, há que esperar por ele. Melhor daqui a 5/6 anos. Nota (provisória) 18.
Provámos, ainda, o 2005 Estágio Prolongado, um magnífico Grande Escolha já aqui referido em diversas ocasiões.
Em conversa com a Olga, perguntei-lhe quando respondem (ela e o marido, Jorge Moreira) ao meu desafio, isto é, um vinho feito pelo casal. Resposta: já o desenhei na minha cabeça e a 1ª garrafa vai ser para si. Obrigado Olga! Cá fico à espera...

Sem comentários:

Enviar um comentário