terça-feira, 23 de maio de 2017

Pigmeu : uma original e agradável "porcaria"

Movido pela curiosidade fui conhecer o Pigmeu (Rua 4 de Infantaria, 68), um original espaço de restauração, exclusivamente dedicado ao porco, cuja ementa contempla 9 petiscos da estação, 4 sandes, 5 acompanhamentos e 4 de garfo e faca.
Nesta minha 1ª visita fiquei-me pelos petiscos, tendo escolhido "tibornas de porco com tomate", "croquetes de bochecha de porco bísaro" e "rabinhos de porco com molho agridoce". Tudo provado e aprovado.
A contrastar, a componente vínica é fraca. Sem lista de vinhos, referiram-me 2 ou 3 a copo, estando os tintos à temperatura ambiente. Uma desgraça!
Optei, então, pela cerveja artesanal "Lx Beer", modalidade "Rye Ipa" (uma das quatro existentes), a portar-se muito bem. Um desabafo: cada vez gosto mais das artesanais e menos das industriais.
Sempre que possível, marco o restaurante  através da plataforma The Fork. Assim vou acumulando pontos e, ao fim de 10 reservas, fico com um crédito de 10 € para descontar num dos diversos restaurantes aderentes.
Foi o caso do Pigmeu, onde constatei à chegada, agradavelmente surpreendido, ter a mesa marcada com o meu nome numa ardósia onde se podia ler "de tudo um porco...". A boa disposição e sentido de humor abunda por ali, podendo ler-se numa das paredes "Porco em construção".
Falta dizer que as mesas se limitam a toalhete e guardanapo de papel e a música, embora a meu gosto, estava demasiado alta. Quanto ao serviço, considero-o rápido, prestável e deveras simpático.
Aconselho o Pigmeu e tenciono voltar.

Sem comentários:

Enviar um comentário