terça-feira, 6 de junho de 2017

Grupo dos 3 (57ª sessão) : M.O.B. e Terrantez 20 Anos em forma

Esta última sessão foi da responsabilidade do Juca que levou 4 vinhos da sua garrafeira (1 branco, 2 tintos e 1 Madeira) e escolheu o restaurante Via 14 Comeres & Vinhos (Via do Oriente,14 Parque das Nações). Neste espaço, gerido por Luis Soares que também é o proprietário e responsável pela cozinha, come-se muito bem e paga-se pouco, mas para se ter algum sossego não se pode abancar antes das 14 h, pois a sala é muito pequena e ruidosa. Mesas despojadas com toalhetes e guardanapos de papel. Apesar de terem posto também o acento tónico nos vinhos, a qualidade dos copos, demasiado grossos, não acompanha esta aposta. Uma pena...
Mas vamos aos beberes e comeres. Desfilaram:
.Couquinho Superior 2015 - enologia de João Brito e Cunha; com base nas castas Viosinho e Rabigato; presença de citrinos, algum vegetal, acidez equilibrada, notas amanteigadas, volume e final médios. Nota 16,5.
Gastronómico, acompanhou bem queijo fresco, empadas e bacalhau à Braz.
.Aquae Flaviae Reserva 2012 (Trás-os-Montes) - enologia de Francisco Baptista; com base nas castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz; notas vegetais excessivas, alguma acidez, taninos rugosos e agressivos, volume e final médios. Desequilibrado, desiludiu completamente. Nota 14,5.
Conflituou com o prato de bacalhau.
.M.O.B. 2012 - produzido e engarrafado na Qtª do Corujão, com enologia dos novos proprietários Jorge Moreira (M), Francisco Olazabal (O) e Jorge Serôdio Borges (B); com base nas castas Touriga Nacional, Alfrocheiro, Jaen e Baga; muito frutado, boa acidez, algo especiado, taninos presentes mas civilizados, bom volume e final de boca longo. Teor alcoólico baixo (12,5 % vol.). Elegante, harmonioso e gastronómico. Nota 18.
Harmonizou com uma excelente vitela assada de cortar à colher, com batata assada e grelos.
.Blandy Terrantez 20 Anos (sem data de engarrafamento) - frutos secos, iodo bem presente, vinagrinho, notas de brandy, volume médio e final de boca muito longo, Nota 18.
Casou bem com leite de creme queimado.
Mais uma boa sessão, com comeres e vinho à altura, com excepção do Aquae Flaviae, um erro de casting. Obrigado, Juca!

Sem comentários:

Enviar um comentário