terça-feira, 29 de agosto de 2017

Novo Formato+ (sessão especial) : brancos e tintos de 2011 e 1 Moscatel da Madeira

Esta sessão especial deste grupo de enófilos militantes não estava agendada mas, por iniciativa do João Quintela, que levou as entradas e o caril de frango, realizou-se "chez" Lena/Juca, em São Francisco da Serra. Foi uma espécie de assalto, mas bem intencionado.
Com excepção da bebida de boas vindas, os restantes vinhos (2 brancos levados pelo João, 2 tintos levados por mim e, ainda, um Moscatel da Madeira levado pelo José Rosa) foram da responsabilidade dos "convidados". Desfilaram:
.Espumante Qtª Poço do Lobo Baga 2014, o vinho de boas vindas que cumpriu bem a sua missão.
Acompanhou enchidos e requeijão.
.Soalheiro Alvarinho 2011 - ligeira oxidação, fruta madura, notas de melão, boa acidez, alguma complexidade, volume e final de boca assinaláveis. Cheio de saúde, ainda aguenta mais 2/3 anos. Nota 17,5.
.Portal do Fidalgo Alvarinho 2011 - citrinos mais evidentes, acidez q.b., menos complexo que o anterior, volume e final de boca médios. No ponto para ser consumido. Nota 16,5.
Estes 2 brancos maridaram com crepes recheados e massa folhada.
.Legado 2011 - nariz exuberante, muito frutado, fresco e elegante, acidez no ponto, notas especiadas, taninos civilizados, volume considerável e final muito longo. Muito fino e harmonioso, em forma mais 8/9 anos. Um dos grandes vinhos portugueses de nível internacional. Levava-o para a tal ilha deserta. Nota 19.
.Aalto PS 2011 - com base em vinha velhas, estagiou 22 meses em barricas novas de carvalho francês; também muito exuberante, mais floral e especiado, acidez equilibrada, taninos bem comportados, volume e final de boca assinaláveis. Conjunto harmonioso. A beber nos próximos 6/7 anos. Nota 18,5+.
Estes 2 tintos harmonizaram com a carilada.
Artur Barros e Sousa Moscatel 1963 - aroma complexo e exuberante, presença de mel e frutos secos, algum iodo, notas amanteigadas, acidez q.b., grande volume e final persistente. Mais Madeira que Moscatel. Nota 18,5.
Acompanhou pastéis de nata.
Mais uma grande jornada de convívio, bons comeres e beberes em alta.
Obrigado João pela iniciativa!

Sem comentários:

Enviar um comentário