terça-feira, 8 de agosto de 2017

Vinhos em família (LXXX) : 4 brancos e 1 Krohn Colheita

Mais uns tantos vinhos provados tranquilamente em família com os rótulos à vista e sem a pressão da prova cega. E eles foram:
Qtª de Baixo Gonçalves Faria 2013 (garrafa nº 493/2006) - é um Vinho Regional Beira Atlântico, com base nas castas Bical e Maria Gomes em vinhas velhas; engarrafado em Junho 2015 com a chancela da Niepoort; muito fresco e mineral, presença de citrinos e algum floral, acidez muito pronunciada a pronunciar uma longa vida, volume e final de boca médios. Baixo teor alcoólico (10,5 % vol.). Nota 16,5+.
.Olho no Pé Vinhas Velhas Reserva 2014 - com base nas castas Viosinho, Rabigato e Gouveio em vinhas velhas, estagiou 12 meses nas borras finas; presença de citrinos e alguma fruta cozida, acidez equilibrada, notas vegetais e algum amanteigado, final de boca médio. Nota 16,5+.
.Morgado Stª Catherina Reserva 2015 - com base na casta Arinto (100 %) em vinhas velhas, estagiou 10 meses em barricas de carvalho francês; presença de citrinos e alguma fruta madura, acidez no ponto, madeira bem casada, algum volume e final de boca médio. Teor alcoólico 14 % vol. Excelente relação preço/qualidade. Nota 17,5.
.Qtª Monte d' Oiro Madrigal Viognier 2013 - 90 pontos na Wine Enthusiast; ligeira oxidação, presença de citrinos, notas de melão e fruta cozida, alguma acidez, notas balsâmicas, volumoso e gastronómico. Teor alcoólico 14 % vol. Nota 17+.
.Krohn Colheita 1976 (engarrafado em 1996) - presença de frutos secos, notas iodadas, algum floral, acidez equilibrada, volume notável e final de boca longo. Complexo, elegante e harmonioso. Mais um Krohn Colheita em grande estilo! Nota 18,5.

Sem comentários:

Enviar um comentário