terça-feira, 13 de março de 2018

Como estamos de brancos (e tintos, já agora)? O que dizem as revistas especializadas. (1ª parte)

1.Introdução
A partir das minhas paixões vínicas, os brancos de outono/inverno e os tintos do Douro (deixo os fortificados para outra oportunidade), pareceu-me interessante analisar a posição da crítica especializada, a VINHO Grandes Escolhas (GE) e a Revista de Vinhos - A Essência do Vinho (RV).
A minha paixão pelos tintos do Douro é desde que entrei neste mundo dos vinhos, primeiro como mero consumidor, depois como um dos responsáveis pela loja Coisas do Arco do Vinho e agora como bloguista.
O meu gosto pelos brancos mais consistentes, os chamados brancos de outono/inverno é mais recente, pois acompanhou a subida de qualidade destes vinhos nos últimos anos. Dá-me mesmo muito prazer beber um branco com este perfil, de preferência já com alguma idade. Foi o caso do 5ª de Mahler 2000 e do Vértice Grande Reserva 2009, já aqui referidos recentemente, e do Qtª dos Cozinheiros 1999, a referir proximamente, já não falando dos grandes Soalheiro Reserva 2007 e Branco Especial da Qtª dos Carvalhais e, ainda, dos inesquecíveis Porta dos Cavaleiros 1974 e 1979.
2.Metodologia
Para perceber a posição das revistas especializadas, a GE e a RV, não falando apenas por intuição, meti-me ao trabalho e consultei as publicações de ambas, referentes aos meses de Novembro e Dezembro 2017 e, ainda, as de Janeiro 2018.
Quanto aos brancos, contabilizei os vinhos com notas de 17,5 a 19, e quanto aos tintos os que obtiveram valores entre 18 e 19.
3.BRANCOS
3.1 - GE
Foram eleitos 44 vinhos, o que corresponde a 43,1 % do total dos 102 vinhos seleccionados (brancos e tintos), classificados com:
.19 - 2 (Anselmo Mendes Alvarinho Parcela Única 2015 e Qtª Carvalhais Branco Especial)
.18,5 - 6 (Pai Abel 2015, Coche by Niepoort 2015, Anselmo Mendes Alvarinho Curtimenta 2015, Kompassus Private Seleccion 2014, Encontro 1 2013 e Quanta Terra 2011)
.18 - 15
.17,5 - 21
Por Região:
.Vinhos Verdes - 6 (13,6 % do total de brancos seleccionados)
.Douro - 16 (36,4 %)
.Dão - 6 e Bairrada/Beiras - 6 (27,3 % em conjunto)
.Alentejo - 5 (11,4 %)
.Outras (Lisboa, Tejo e Setúbal) - 5
Por colheita:
.2016 - 13
.2015 - 20
.2014 - 4
.2013 - 2
.outras anteriores - 5
3.2 - RV
Foram eleitos apenas 8 vinhos, a que corresponde 13,3 % dos 60 vinhos seleccionados, classificados com:
.18 - 1
.17,5 - 7
Por Região:
.Vinhos Verdes - 1
.Douro - 2
.Bairrada/Beiras - 1
.Alentejo - 2
.Outras - 2
Por colheita:
.2016 - 2
.2015 - 3
.2014 - 2
.outras anteriores - 1
continua...

Sem comentários:

Enviar um comentário