sexta-feira, 18 de maio de 2018

Enoturismo na Bairrada (VI) : Restaurante Vidal

...continuando...
8.Restaurante Vidal (Aguada de Cima, Águeda Sul)
Foi neste clássico da Bairrada que fizemos a nossa 3ª refeição de leitão, em sala reservada para o efeito. O dono, José Vidal de seu nome, apareceu no final do repasto e ainda nos fez companhia.
Nas mesas toalhas e guardanapos de pano e, para trincar, salgados, queijos e enchidos.
Antes de chegar a entrada (miúdos de leitão estufados), foi correctamente servido o espumante da casa, cujo produtor engarrafador aparece apenas com um nº de código (houve quem afirmasse que era das Caves São João, mas não consegui confirmar). Penso que é um espumante de entrada de gama, simples e correcto, com alguma acidez, frescura e bolha fina, a cumprir bem a sua missão.
Entretanto apareceu o indispensável leitão, acompanhado com batata frita, salada e laranja cortada, muito bom, mas sem ultrapassar o do Mugasa. A pedido de alguém, tive a oportunidade de provar uma garrafa do tinto Frei João 2011, num bom momento de forma.
Como sobremesa, comi uma belíssima salada de frutas, feita na hora, uma mais valia (na maioria dos restaurantes servem-nas já feitas há alguns dias, super geladas e sem qualquer sabor).
Ao longo das paredes, podem ler-se uma série de críticas abonatórias do restaurante, destacando eu a do José Quitério e a do saudoso David Lopes Ramos.
Como curiosidade, o portal www.aveirolovers.pt/leitao-a-bairrada refere o resultado de uma votação entre os seguidores do respectivo face book, sendo os 3 primeiros a Casa Vidal, a Casa dos Leitões e o Mugasa, tendo o gestor do portal acrescentado o Rei dos Leitões. Bingo!
continua...

Sem comentários:

Enviar um comentário