domingo, 27 de maio de 2018

Grupo FJF (1ª sessão) : a voz aos brancos

Esta foi a 1ª sessão deste conjunto de amigos que se auto denominaram Grupo F (Frederico Oom) J (João Quintela) F (Francisco, eu próprio). O repasto decorreu no Magano e o tema foi "vinhos brancos originais e pouco ou nada vistos", proposta do Frederico e com brancos da sua garrafeira.
Desfilaram:
.5ª de Mahler 2000 (12,5 % vol.) - já referido por mim em "Vinhos em família (LXXXIV) : surpresas e desilusões", crónica publicada em 1/2/2018. Continua em grande forma. Nota 18.
.Qtª Carvalhais Branco Especial (14 % vol.) - com base nas castas Encruzado, Gouveio e Sémillon, com 10 anos de barrica, foi engarrafado em 2017; nariz contido, alguma frescura, frutos secos, acidez e notas amanteigadas, complexidade, volume e final de boca assinaláveis. Nota 18.
.Villa Oliveira 1ª Edição Lote 2010-2015 (13 % vol.) - garrafa nº 11/1610; com base na casta Encruzado e outras em vinhas velhas; nariz intenso, presença de citrinos e fruta madura, belíssima acidez, algum volume e final de boca persistente. Fresco, complexo e elegante, está num patamar muito alto. Nota 18,5.
Para além das habituais virtualhas, estes brancos foram servidos com um saboroso pargo no forno.
Provámos, também, por simpatia do dono do Magano:
.Barão de Villar Kaputt 1ª Edição (13 % vol.) - enologia de Álvaro van Zeller; com base nas castas Dona Branca, Gouveio e Donzelinho em vinhas velhas, estagiou 6 anos em barricas usadas, 2 em cuba e 19 meses em garrafa; maioritariamente da colheita 2008, loteada com vinhos de 2009, 2010, 2013 e 2015. Original e muito interessante.
E, ainda, sobras de um vinho bebido na véspera pelo João, que nos pareceu um branco muitíssimo velho ou, mesmo, um tawny. Afinal era um tinto, o Garrafeira CB (Cova da Beira) 1973 da José Maria da Fonseca! Ele há coisas...
A fechar, com a tradicional tarte de amêndoas:
.Moscatel JP Vinhos 1989 (levado pelo João) - aroma intenso, presença de laranja e tangerina, bela acidez, volume e final médios. Fino e elegante. Nota 17,5.
Resumindo e concluindo, foi uma curiosa e didáctica sessão com brancos pouco ou nada vistos. Obrigado, Frederico!


.........................EM CONSTRUÇÃO............................................

Sem comentários:

Enviar um comentário