sábado, 2 de outubro de 2010

O Protocolo da Presidência da República precisa de reciclagem...

No âmbito das Comemorações do Centenário da Implantação da República no Palácio de Belém, organizadas pelo Museu da Presidência da República (PR), é possivel visitar parte do Palácio e os jardins. A entrada livre mantém-se até às 21h30 do dia 5 de Outubro.
Foi assim que tive a oportunidade de observar a sala de jantar, destinada ao repasto dos convidados oficiais da PR. A mesa está posta para meia dúzia de pessoas. Mas como é possível que o protocolo da PR ainda esteja atrasado algumas dezenas de anos? Os copos parecem aqueles que as nossas avós utilizavam. Cada lugar tem 4 copos, sendo 2 para os vinhos de mesa (falta o da água, o maior, segundo me esclareceram): para brancos (o médio) e tintos(o mais pequeno), sem serem totalmente lisos. Os restantes (um todo vermelho e o outro minúsculo) para os licores, segundo informação de uma funcionária. Então e os Siza Vieira, oficialmente recomendados pelo IVDP?, indaguei eu. Desconheço, foi a resposta.
O Protolo da PR precisa mesmo de reciclagem a sério. E o IVDP não pode dar uma mãozinha?
Um apontamento final : a loja do museu tem um único vinho à venda, o tinto Monte dos Cabaços 2002, engarrafado para o Museu da República (12,50 €).Ó Margarida Cabaço, que grande cunha!

Sem comentários:

Enviar um comentário