quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Henrique Mouro no seu melhor

Grande jornada a de ontem no Assinatura. Os 8 momentos de cogumelos, ou melhor, 7 momentos e mais a sobremesa, confirmaram a criatividade do Henrique Mouro. Foi um desfilar de diversas espécies de cogumelos (cantarelles, tortulhos, shitakes, shimeijis, pleurotus, capas de viúvas, morilles e lactários) que acompanharam e se fizeram acompanhar de vieiras, ovos mexidos com farinheira, queijo de ovelha, ostras, mexilhões, polvo, pargo e bochecha de porco. Na sala, o serviço esteve à altura dos acontecimentos. Foi muito eficiente e garantiu o ritmo adequado durante toda a refeição. Parabéns à equipa. Um único senão : nos vinhos a copo, como estes não estão calibrados, a quantidade servida é um bocado a olhómetro.
Quanto a vinhos, após a degustação do espumante 3 B da Filipa Pato, simpática oferta da casa, bebeu-se :
.Soalheiro Alvarinho Reserva 08 (garrafa) - aroma exuberante a citrinos e fruta tropical, excelente acidez, profundidade, bom final de boca. O tempo de garrafa só lhe tem feito bem. Com vincada personalidade é, seguramente, um dos melhores brancos portugueses. Nota 18+ (noutras situações 17,5/18).
.Esporão Aragonês 07 (a copo) - muita fruta vermelha, boa acidez, madeira discreta, encorpado com taninos bem presentes a precisarem de tempo para amaciarem, bom final de boca. É um salto qualitativo se o compararmos com edições anteriores. Nota 17,5+.

Sem comentários:

Enviar um comentário